Avante! Avante!

93.º aniversário do PCP

Um Partido com história e com futuro

Ao longo de mais de nove décadas os destinos do PCP, dos trabalhadores e do povo do qual emanou confundem-se. Em ditadura como em liberdade, em tempos negros de fome, miséria e repressão como nos luminosos da Revolução de Abril, os comunistas sempre se bateram em defesa dos direitos e aspirações dos trabalhadores e do povo, contra as políticas que servem aqueles poucos que, à custa da exploração da imensa maioria, amassam crescentes fortunas. Neste século XXI, ninguém tem dúvidas de que o Partido Comunista Português está para durar; que não só resiste como cresce; que não apenas constitui um entrave ao avanço da política de direita como tem um sólido e credível projecto alternativo, com o socialismo no horizonte.

 

A alternativa está nas mãos do povo

Trabalhadores não desistem

O combate vai continuar «até à demissão do Governo e à convocação de eleições antecipadas, até à derrota da política de direita e à efectivação de uma política de esquerda e soberana», disse o Secretário-geral da CGTP-IN no final das marchas de protesto que, na noite de 27 de Fevereiro, trouxeram para a rua milhares de pessoas em Lisboa e no Porto.