Avante! Avante!

Debate sobre o estado da Nação

Governo cumpre agenda do capital

«Não há razões para sorrir quando o desemprego atinge a maior cifra dos últimos anos», nem para «aplaudir quando o défice das contas externas continua a agravar-se» ou a «produção industrial a cair», advertiu Jerónimo de Sousa, ao intervir no debate sobre o estado da Nação, na passada semana, no Parlamento. Como lembrou o Secretário-Geral do PCP, só os poderosos têm motivos para estar optimistas com as grandes opções de política económica e social deste Governo.