Avante! Avante!

Recuperar para o País o que é do País

Contra o roubo do Millennium BCP

O Millennium BCP e os bancos, em geral, salvos à custa do erário público, devem ser inseridos na esfera pública, nacionalizando-os e colocando-os ao serviço da economia nacional, e não dos interesses especulativos dos banqueiros – esta a posição do Sintaf/CGTP-IN, que não aceita o roubo de salários e direitos que a administração do banco acordou com as organizações da UGT e que não evita a liquidação de mais de um milhar de postos de trabalho.