URAP contra Law-Train

A União de Resistentes Antifascistas Portugueses (URAP) assinou, no dia 4, um documento, da autoria do Movimento Pelos Direitos do Povo Palestino e pela Paz no Médio Oriente (MPPM), que protesta contra o envolvimento de Portugal, desde 2015, no projecto europeu LAW-TRAIN, financiado pela União Europeia, que visa desenvolver tecnologia para unificar a metodologia para interrogatórios policiais.

No texto, subscrito por muitas outras organizações nacionais, o MPPM sublinha que «um dos parceiros neste projecto é o Ministério da Segurança Pública de Israel, responsável pelas forças policiais, que são há muito denunciadas por organizações dos direitos humanos e pelas Nações Unidas por integrarem nos seus territórios a tortura, os maus tratos, o racismo e outras formas de violação dos direitos humanos, e responsável também pelas prisões onde se encontram milhares de presos e detidos administrativos (sem culpa formada) palestinos».




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: