Luta no sector da cultura

Várias estruturas da área da cultura vão realizar um protesto, «Na Rua Pelo Futuro da Cultura», que está previsto para o final do mês de Janeiro.
O processo de luta que tem vindo a ser desencadeado por este sector, um dos mais afectados pela pandemia, tem-se batido com a falta de medidas de apoio por parte da tutela. No entanto, a obrigação de contratos de trabalho, o fim dos recibos verdes, o acesso ao subsídio de desemprego, o reforço do orçamento para cultura, também estão entre as reivindicações dos promotores.
Para além do sindicato CENA-STE, também estão envolvidas na dinamização do protesto a Associação dos Profissionais das Artes Cénicas, a Associação Portuguesa de Realizadores, o Sindicato dos Trabalhadores de Arqueologia, entre outros.

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: