Coreia do Norte aceita manter conversações francas com os EUA
Mais passos para a paz na península da Coreia

DESANUVIAMENTO O líder da República Popular Democrática da Coreia, Kim Jong-un, recebeu em Pyongyang uma delegação de alto nível sul-coreana. Há perspectivas de desanuviamento na península coreana.

LUSA

Image 24563

A Coreia do Norte afirmou que não tem necessidade de possuir armas nucleares se tiver garantias de segurança. Pyongyang aceitou estabelecer uma moratória aos seus testes nucleares e de mísseis se mantiver conversações com os Estados Unidos – anunciou a presidência da República da Coreia do Sul.

As autoridades norte-coreanas declararam que o seu país está preparado para levar a cabo «conversações francas» com os EUA sobre a potencial desnuclearização da península e a normalização das relações bilaterais, segundo informou o director do Gabinete de Segurança Nacional da presidência da Coreia do Sul, Chung Eui-yong, citado por diversas agências noticiosas ocidentais.

Chung revelou que os dirigentes norte-coreanos deixaram claro que não necessitam de armas nucleares se cessarem as ameaças militares sobre o seu país e se houver garantias de segurança credíveis. Pyongyang prometeu não utilizar armas nucleares e convencionais contra os seus vizinhos do Sul.

A Coreia do Norte e a Coreia do Sul concordaram em manter conversações de alto nível em finais de Abril. Além disso, os dois países vão estabelecer uma linha telefónica especial entre os seus líderes.

Estes avanços foram conhecidos na terça-feira, 6, poucas horas depois de uma delegação sul-coreana, encabeçada por Chung, terminar uma visita à Coreia do Norte, durante a qual manteve encontros cordiais com o presidente Kim Jon-un e outros dirigentes norte-coreanos.

O objectivo principal dos emissários sul-coreanos foi criar as condições adequadas para o estabelecimento de um eventual diálogo entre Pyongyang e Washington.

Chung Eui-yong resumiu os propósitos da visita: «Transmitir o desejo do presidente Moon Jae-in de conseguir a desnuclearização da península coreana e a paz permanente, prolongando a boa vontade e a melhoria das relações inter-coreanas gerada pelos Jogos Olímpicos de Inverno em PyeongChang».




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: