Avante! Avante!

Novas ameaças não travam sector

Segue a luta nos transportes

Com greves que pararam o Metropolitano de Lisboa nas duas últimas terças-feiras, de manhã, e com uma grande manifestação que trouxe à rua a persistente luta no sector ferroviário, o Governo manda pôr em marcha centenas de despedimentos. Os trabalhadores dos transportes respondem com a intensificação da luta em unidade.