PCP subscreve carta aberta
Libertem os cinco cubanos
124 organizações portuguesas, entre as quais o PCP, subscreveram uma carta aberta onde exigem «Liberdade e justiça para os cinco patriotas cubanos antiterroristas».
A iniciativa partiu da Associação de Amizade Portugal-Cuba, estrutura que encabeçou a delegação que no passado dia 29 de Outubro entregou o documento na Embaixada cubana em Lisboa.
Cópias foram ainda enviadas para a representação diplomática norte-americana, para a ONU, para a Assembleia da República e para o Governo português.
No texto, os signatários manifestam a sua solidariedade para com os «cinco patriotas cubanos encarcerados nos EUA há nove anos, que corajosamente se puseram ao serviço da luta contra o terrorismo».
«O combate ao terrorismo não pode ser hoje hipocritamente condicionado e manipulado pelo governo norte-americano ao sabor dos seus interesses e estratégias de dominação hegemónica mundial», acrescentam, pelo que exigem a imediata libertação de René, Fernando, Ramón, António e Gerardo.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: