PCP responsabiliza Governo
A Direcção da Organização Regional de Coimbra do PCP responsabiliza o Governo pela acção repressiva da PSP sobre os alunos da Universidade de Coimbra e apoia a luta estudantil. Em comunicado, a DORC lembra que a Lei de Financiamento do Ensino Superior transfere para as instituições a fixação do valor da propina e afirma que o Executivo põe em causa o direito ao ensino público, de qualidade e gratuito ao fazer profundos cortes orçamentais no financiamento do ensino.
«Independentemente da opinião que cada um tenha sobre a participação dos órgãos da Universidade de Coimbra nos acontecimentos ocorridos, não se deve perder de vista o essencial: a principal luta é contra as propinas e pela revogação da lei de financiamento do ensino superior», afirmam os comunistas, acrescentando que a direcção da luta deve estar centrada no Governo e na exigência à Assembleia da República para que altere a lei.
Os comunistas lembram que o pagamento de propinas para financiar o ensino superior, reintroduzido pelo Governo do PS em 1997, é inconstitucional e «contribui para que o país se atrase ainda mais».


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: