Importantes obras para Serpa

O orçamento da Câmara de Serpa para 2018 vai ser de 22,5 milhões de euros (mais 1 883 mil euros do que o de 2017). Segundo Carlos Alves, vice-presidente da autarquia, o município vai apostar em várias obras, que dão «continuidade à estratégia de desenvolvimento» definida pelo executivo e que assenta na dinamização da economia e do turismo, na cultura e na requalificação de edifícios e espaços públicos do concelho.

Entre as várias intervenções previstas, destaca-se as de requalificação do jardim e do mercado municipais de Serpa, as quais vão implicar, respectivamente, investimentos de 471 949 euros e de 727 mil euros.

Carlos Alves também falou das obras de instalação de passadiços para permitir visitas em segurança à zona da cascata do Pulo do Lobo, no rio Guadiana, de criação de uma galeria de arte contemporânea em Serpa e de construção de um parque multiusos na vila de Pias.

O orçamento prevê também obras de requalificação de ruas em várias localidades do concelho, da escola do 1.º ciclo do Ensino Básico e do jardim da aldeia de Brinches e do Museu Etnográfico e da Torre do Relógio situados na cidade de Serpa.

Reduzir impostos
Em termos de impostos municipais, a Câmara de Serpa vai reduzir a taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) para prédios urbanos a pagar por habitantes do concelho de 0,32 para 0,31 por cento.

O município também vai reduzir em 50 por cento a taxa de IMI para imóveis classificados como de Interesse Público, de valor municipal ou património cultural, e manter a aplicação de uma majoração de 30 por cento da taxa de IMI aplicada a prédios urbanos degradados em 2018.

Ao nível da Derrama, a autarquia vai manter a isenção do pagamento para as empresas do concelho com volume de negócios até 150 mil euros e uma taxa de 1,5 por cento para as empresas com volume de negócios superior a 150 mil euros.

O orçamento para 2018 foi aprovado pela Câmara de Serpa com os votos a favor dos quatro eleitos da maioria CDU e a abstenção dos três vereadores da oposição PS.

Na Assembleia Municipal de Serpa, o orçamento foi aprovado com votos a favor dos eleitos da maioria CDU e as abstenções dos eleitos pelo PS e pelo PSD.




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: