PEV quer reforçar o combate à violência doméstica

Na véspera do «Dia dos Namorados», o Partido Ecologista «Os Verdes» (PEV) entregou um projecto de resolução onde recomenda ao Governo que apresente um relatório à Assembleia da República, num prazo de 120 dias, que detalhe a forma como a violência doméstica é abordada em meio escolar, nos diferentes níveis de ensino.

O Executivo PS deverá ainda promover uma campanha de prevenção da violência doméstica, enquanto durarem as medidas de prevenção e combate à COVID-19, que torne claro a sua natureza de crime público e de violação de direitos humanos, bem como as formas de auxílio às vítimas de violência doméstica.

Como salienta o PEV, o crime de violência doméstica «continua a estar sobremaneira presente na nossa sociedade, resultando daí um número muito considerável de vítimas, crime hediondo, que atenta de uma forma absoluta contra os direitos humanos».

Os ecologistas têm alertado recorrentemente para o facto de «muitas situações de violência doméstica se prolongarem devido ao facto de a vítima não ter forma de subsistência e estar dependente, a esse nível, do ofensor».




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: