1907 – Nasce Wystan Hugh Auden 

Poeta, crítico literário e dramaturgo inglês, naturalizado norte-americano, W. H. Auden é considerado um dos maiores escritores do século XX. Nasceu em York, estudou na Greshan School e em 1925 entrou na Universidade de Oxford. Nos anos 30 fez parte de um grupo de jovens poetas de esquerda, distinguindo-se pelas suas ideias progressistas. Homossexual assumido, em 1939 Auden muda-se com o seu companheiro, o escritor Cristopher Isherwood, para os EUA. Entre os seus poemas mais conhecidos conta-se «Funeral Blues», «1.º de Setembro de 1939», «O Escudo de Aquiles», «For the Time Being» ou «The Age of Anxiety», com que conquistou o Prémio Pulitzer em 1948. O tema da guerra marca a obra de Auden: «1.º de Setembro de 1939», considerado um dos grandes poemas do século XX, assinala o início da Segunda Guerra Mundial. O escritor volta a ele diversas vezes, altera-o e chega a repudiá-lo, mas o público resgata-o. Afinal, como disse o próprio Auden, a «função primária da poesia, como de todas as artes, é tornar-nos mais conscientes de nós mesmos e do mundo à nossa volta. Não sei se essa maior consciência nos torna mais morais ou mais eficientes. Espero que não. Acho que nos torna mais humanos, e tenho a certeza de que nos torna mais difíceis de enganar.»




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: