Comemoração da Revolução de Outubro

Camaradas que trabalham ou colaboram com os sectores centrais do PCP participaram no almoço comemorativo da Revolução de Outubro, realizado na segunda-feira, 9, na Quinta da Atalaia. A intervenção política esteve a cargo de Vladimiro Vale, da Comissão Política, que lembrou que «comemorar a grande Revolução Socialista de Outubro é afirmá-la como a realização mais avançada no processo milenar de libertação da humanidade de todas as formas de exploração e opressão. Mas é também denunciar a natureza do capitalismo, com os dramáticos flagelos sociais e ameaças que encerra para a vida dos povos e para a sobrevivência da própria humanidade, salientar a actualidade e validade do socialismo e reafirmar a necessidade e possibilidade da superação revolucionária do capitalismo».

Vladimiro Vale sublinhou, ainda, que o PCP, «herdeiro da Revolução de Outubro, com quase 100 anos de história», afirma «com orgulho que, neste período, não há nenhuma transformação social, nenhum avanço ou conquista dos trabalhadores e do povo português que não esteja directa ou indirectamente associada à sua iniciativa, luta, acção e intervenção.



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: