Vida dos compatriotas exposta
Normativo inaceitável

O PCP critica o normativo, em vigor desde o dia 1 de Agosto, que permite aceder, junto dos consulados portugueses, a dados pessoais dos cidadãos (morada, número de cartão de cidadão ou de passaporte, contacto telefónico, etc.) neles registados.

«Nem o facto de ser sinalizado que, nalguns países, foram enviadas cartas-aviso para os portugueses nele residentes, com vista a que os mesmos autorizem ou não os consulados a dar tal tipo de informações, atenua o inaceitável conteúdo de tal medida», refere o Partido, numa nota do Gabinete de Imprensa, opondo-se «a tal normativo» e manifestando que «tudo fará ao seu alcance para que os cidadãos portugueses deixem de estar sujeitos à devassa da sua vida».



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: