Apoio às Artes<br>em audição do PCP

O PCP realizou, dia 27 de Julho, na AR, uma audição pública sobre os concursos de Apoios às Artes. Esta iniciativa surge na sequência de uma audição regimental na comissão de Cultura, Comunicação, Juventude e Desporto onde o secretário de Estado da Cultura, questionado pelo PCP, assumiu que as candidaturas aos apoios anuais não iriam abrir no presente ano.

Posição que é vista com muito preocupação no sector, como salientou em declaração no Parlamento a deputada comunista Ana Mesquita, justificando por isso esta iniciativa do PCP de ouvir associações, organizações e trabalhadores do sector, em suma «toda a gente que está interessada na criação contemporânea» com vista a recolher contributos, enquadrar e preparar a intervenção parlamentar.

E desta forma contribuir para combater a instabilidade nos apoios a que este sector tem sido sujeito e «promover a estabilidade entre quem faz cultura no nosso País», nas palavras de Ana Mesquita.

Na audição participaram as seguintes entidades: Academia Produtores culturais+Cassefaz lda, ACTA, Alkantara Festival, ALGURES colectivo de criação, Associação Cultural Truta, Ateneu Comercial do Porto, Câmara Municipal de Almada, Câmara Municipal do Barreiro, Câmara Municipal de Évora, Câmara Municipal de Palmela, Célula dos trabalhadores da cultura de Almada do PCP, CENA - Sindicato dos Músicos, dos Profissionais do Espectáculo e do Audiovisual, Centro Dramático de Évora, Companhia Clara Andermatt, Federação das Colectividades de Cultura, Recreio e Desporto do distrito de Santarém, Manifesto em Defesa da Cultura, Teatro Ensaio, Teatro Extremo, Teatro da Rainha, Teatro do Vestido, STE - Sindicato dos Trabalhadores de Espectáculos.




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: