Editorial

ALTERNATIVA E ALTERNÂNCIA

O desfecho previsível da disputa interna no PS; a grande centralidade que lhe foi dada pela comunicação social dominante...
Opinião
A talhe de foice

<i>La Faena</i>

Os espíritos da contenda Costa/Seguro emigraram com a vitória jucunda do primeiro e a bisonha retirada do segundo e a...
Actual

Embusteiros

Perante o crescimento eleitoral da CDU, o desgaste acelerado dos partidos do Governo (PSD e CDS) e a recuperação residual do PS,...
Actual

Uma velha novidade

Um dos objectivos dessa grande operação destinada a dar força à continuidade da política de direita que...
Actual

Filhos da pátria

À beira de completar 65 anos, é membro do Conselho de Governadores, do Conselho Geral de Governadores do Banco Central Europeu,...
PCP

Confiança

Confiança, mesmo numa altura em que os bolsos de quem trabalha são usurpados em mais de oito mil milhões de euros só para pagamento de juros da dívida e quando se prepara mais de sete mil milhões de euros de cortes na despesa para os próximos anos.
Confiança, mesmo quando é destruída a capacidade produtiva do País, com um milhão e quatrocentos mil trabalhadores desempregados, três milhões de pobres e uma emigração ao nível da década de 60 do século passado.

Crónica Internacional

Em nome da oligarquia

Se alguém desejar conhecer em pormenor como se desfaz e empurra para o abismo um país, então deverá fixar o...
Em Foco

Constrangimentos com que urge romper

A renegociação da dívida, a libertação de Portugal da submissão ao euro e o controlo público do sector financeiro são «três instrumentos fundamentais para a recuperação e o progresso do País», afirmou Jerónimo de Sousa no debate público que o PCP promoveu no domingo, 28, na abertura da acção nacional «A Força do Povo por um Portugal com Futuro – uma Política Patriótica e de Esquerda».

PCP

<font color=0093dd>O sonho há-de ser realidade</font></color>

Os 35 anos do assassinato de Caravela e Casquinha e do ataque à Reforma Agrária foram evocados no sábado, 27, em Santiago do Escoural, com a inauguração de um Memorial e a realização de um grande comício, contando ambas as iniciativas com a participação do Secretário-geral do PCP.

Bem público a defender

Assinalando, ontem, 1, o Dia Nacional da Água, o PCP reafirmou que a água é um direito e que, como tal, não pode ser privatizada.

PCP inaugura novo CT

O PCP inaugurou oficialmente, ao final da tarde de terça-feira, o seu novo Centro de Trabalho no Funchal....

Mais espaço mais Festa

É já no sábado, às 15 horas, o comício na Quinta da Atalaia (junto ao lago) que marca o arranque da...

Intervir onde pulsa o problema

O reforço da organização e intervenção do Partido, tarefa de sempre dos comunistas, avança em várias direcções um pouco por todo o País.

Faleceu Domingos Afonso

Aos 82 anos, faleceu o camarada Domingos Afonso. Natural de Couto de Dornelas, concelho de Boticas, Domingos Afonso pertenceu a uma...

Políticas e não caras

Na sequência de várias solicitações de órgãos de comunicação social para que se...
Trabalhadores

Nas ruas contra a prepotência<br> do Governo

Os trabalhadores da Administração Local estão hoje nas ruas para exigir a publicação dos ACEP, defender direitos e denunciar as manobras de um Governo que atenta contra o Poder Local Democrático.

Trabalhadores envolvidos na luta

Participando em plenários, processos negociais, concentrações, manifestações e greves, os trabalhadores e as suas organizações representativas levam a efeito uma forte acção de luta em defesa dos direitos.

Forte onda de protesto

As greves foram expressão da forte contestação à política do Governo, da defesa do investimento no serviço público, da valorização profissional e de condições dignas para os utentes.

SMN de empobrecimento

A propósito do acordo alcançado para o aumento do salário mínimo nacional (SMN), no dia 24, entre Governo,...

Porque a «água é todos»

O Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local enviou na sexta-feira, 26, uma carta aos presidentes das...
Assembleia da República

Problema é político e não fiscal

Passos Coelho garantiu no Parlamento não ter recebido qualquer remuneração fixa da Tecnoforma enquanto foi deputado, mas reconheceu ter sido reembolsado em «despesas de representação». Não esclareceu foi nem os respectivos montantes nem entre que datas tal ocorreu.

Luta não vai parar

O aumento do salário mínimo nacional não é uma benesse do Governo PSD/CDS-PP, nem resulta sequer da sua vontade:...

Défice orçamental

A previsão do INE para o défice orçamental em 2014, baseada no Ministério das Finanças, é de 4.8%....
Nacional

Indignação e protesto

Sob o lema «Respeitar os direitos dos Idosos é defender o futuro», a Confederação Nacional de Reformados, Pensionistas e Idosos – MURPI, agendou para ontem, em todo o País, múltiplas acções para assinalar o Dia Mundial do Idoso.

A luta continua!

A luta das populações contra o encerramento de escolas verificou-se um pouco por todo o País, tendo Estarreja sido um interessante exemplo de resistência.

Agricultores afectados <br>por intempéries

Inês Zuber, deputada do PCP no Parlamento Europeu, questionou no dia 25 a Comissão Europeia (CE) sobre a possibilidade de as zonas da Lourinhã e de Setúbal serem apoiadas na sequência dos estragos provocados pela chuva.

Quebra de produção de uva

«É geral a baixa de produção de uvas comparativamente com o ano passado. Regiões há em que a quebra...

Praga da vespa velutina

Na Assembleia Municipal de Ponte de Lima e na Assembleia de Freguesia de Calheiros, a CDU alertou para a expansão da praga da vespa...

Estudantes com a JCP

Rita Rato, deputada do PCP na Assembleia da República, esteve na segunda-feira, 29, na Faculdade de...

SIMAR pronta a funcionar

Os novos Serviços Intermunicipalizados de Águas e Resíduos (SIMAR), que vão servir os municípios de Loures...
Europa

Uma vitória popular

Milhares de pessoas participaram no domingo, 28, em manifestações realizadas por toda a Espanha, no âmbito do Dia de Ação Global pela Despenalização do Aborto.

Vaga de greves

Os trabalhadores do sector público britânico marcaram para este mês de Outubro um importante conjunto de greves contra o congelamento salarial imposto desde 2010.

Salários caem um terço

Os trabalhadores da administração pública de Espanha, cujos salários permanecerão congelados pelo quinto...

Grécia exclui desempregados

O governo grego anunciou na semana passada um programa com a duração de seis meses que permitirá aos desempregados...

Greve termina sem acordo

O principal sindicato dos pilotos da Air France-KLM decidiu, dia 28, suspender a greve iniciada em 15 de Setembro, apesar de não ter...

Uma condição necessária

Alarga-se a percepção – não obstante ainda insuficiente – sobre três grandes constrangimentos que...
Internacional

Escalada de ingerência e agressão

Em dez dias, os EUA e os seus aliados efectuaram cerca de uma centena de bombardeamentos na Síria, campanha belicista considerada pelo PCP como «uma ameaça directa à integridade territorial do país».

Revolução no futuro que construímos

O PCP destacou os 40 anos do 25 de Abril nas festas do L'Humanité, do Mundo Obrero e no Manifiesta, onde marcou presença com pavilhões próprios e participando em debates.

Temas

Construir uma <br> nova Colômbia

Parar a guerra é fundamental para abrir espaço à construção de um país de paz e justiça social, explicaram Maria Cepeda Castro e René Ayala, do Partido Comunista Colombiano, em conversa com o Órgão Central do PCP realizada durante a Festa do Avante!.

 

Luta pela dignidade<br> não tem idade

A Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) consagrou, a 14 de Dezembro de 1999, o dia 1 de Outubro às pessoas idosas. Desde logo, a primeira questão que se coloca é a da utilidade/eficácia destas datas quando direitos humanos são esmagados e se fabricam guerras ao sabor dos interesses do grande capital. Mas como não nos limitamos a olhar a realidade de fora pois fazemos parte dela, a pergunta surge de imediato: Que fazer para alterar? A resposta é simples: intervir e lutar, não só em dias específicos, mas todos os dias!

CGTP-Intersindical nasceu há 44 anos

No dia 1 de Outubro de 1970 foi enviada para cerca de 30 sindicatos a primeira convocatória formal para uma reunião Intersindical, a realizar em Lisboa. É a data da fundação da CGTP-Intersindical Nacional. O movimento sindical português iniciava uma nova etapa da sua história. Voltava a ter uma central sindical após a dissolução dos sindicatos do tempo da I República, pelo regime fascista, no dia 1 de Janeiro de 1934.

Argumentos
TVisto

Um indistinto regresso

Esta emissão do «Prós e Contras» havia sido anunciada com o título de «Escolhas». Dir-se-ia...
História

A intentona do 28 de Setembro

No ano em que se comemora o 40.º aniversário do 25 de Abril, cabe recordar uma outra data que marcou de forma indelével o...
Aconteceu

Teatro Extremo fez 20 anos

O Teatro Extremo de Almada assinalou, dia 26, o seu 20.º aniversário com a estreia da peça «Depois de...

Campeões em ténis de mesa

A selecção portuguesa de ténis de mesa sagrou-se, no domingo, 28, campeã da Europa da modalidade pela primeira...

ANMP exige parecer ao Governo

A Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) reclamou, dia 26, que o Governo divulgue o parecer da...

Reuniões e iniciativas

Jerónimo de Sousa Secretário-geral do PCP    ...

A semana em resumo

Frases

A sustentabilidade da Segurança So-cial tantas vezes invocada para justificar medidas...