Sessão em Lisboa sobre Médio Oriente

Hoje, quinta-feira, às 18h00, na Casa do Alentejo, em Lisboa, realiza-se uma sessão pública sob o lema «Médio Oriente: Defesa da justiça e da paz», promovida pelo Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) e pelo Movimento pelos Direitos do Povo Palestino e pela Paz no Médio Oriente (MPPM).

A iniciativa conta com as intervenções de Ilda Figueiredo, presidente da Direcção Nacional (DN) do CPPC, Carlos Almeida, vice-presidente da DN do MPPM, José Goulão, jornalista e membro da presidência do CPPC, e Nabil Abuznaid, embaixador da Palestina em Portugal.

Ontem, no Porto, a Biblioteca Municipal Almeida Garrett acolheu uma acção de «Solidariedade com os povos da América Latina».

Agressão militar de Marrocos

Entretanto, um vasto conjunto de organizações portuguesas subscreveu uma posição conjunta a expressar o seu «veemente repudio» pela agressão militar do Reino de Marrocos contra o Saara Ocidental, iniciada no passado dia 13. «Esta agressão e o acumular de forças militares junto à fronteira com a Mauritânia, na zona de Guerguerat, constituem uma flagrante violação do acordo de cessar fogo em vigor entre o Reino de Marrocos e a Frente Polisário, sob a égide da ONU, desde 1991, e um atentado ao direito internacional e aos princípios da Carta das Nações Unidas», acentuam os subscritores. No texto, considera-se ainda que o Governo português «está obrigado a tomar uma posição clara contra a agressão do Reino de Marrocos», reconhecendo e promovendo o direito à autodeterminação do povo saarauí e da República Árabe Saarauí Democrática.




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: