Com este aumento [das propinas de Mestrado na FCUP], mesmo a trabalhar, não é possível. Não consigo pagar renda, alimentação, transporte e a propina.”

(Gabrielle Lacerda, Jornal de Notícias, 7.10.20)

 

Este [do partido grego Aurora Dourada, considerado como ‘organização criminosa] é o primeiro julgamento significativo de um partido neonazi na Europa após a II Guerra Mundial.”

(Dora Oikonomidou, i, 8.10.20)

 

Entre 2008 e 2016 o número de psicólogos, enfermeiros e terapeutas ocupacionais nos serviços de psiquiatria não mexeu uma palha!”

(Miguel Xavier, Jornal de Notícias, 10.10.20)

 

Em Portugal, quem é muito rico não paga imposto, coloca dinheiro no estrangeiro, arranja offshores, o que é uma coisa extraordinária.”

(Eduardo Paz Ferreira, Sol, 10.10.20)

 

As condições do novo campo [de refugiados na ilha de Lesbos, na Grécia] são piores do que as do anterior [Moria]. Há tendas em cima da areia e, com o inverno a aproximar-se, as temperaturas vão baixar. Há inundações e lama em todo o lado. As pessoas estão a tomar banho e a lavar as roupas no mar.”

(Erik Kempson, Jornal de Notícias, 11.10.20)

 

Muitos trabalhadores independentes continuam a ter apoios insuficientes e estão a ficar em situação de grande pobreza e desespero.”

(Isabel Camarinha, Correio da Manhã, 12.10.20)

 

Daí [Março de 2020] para cá, para além do mais, agravou-se brutalmente o fosso de rendimentos entre grandes e pequenas empresas, entre grandes e pequenos rendimentos, entre gestores e trabalhadores por conta de outrem.”

(Eduardo Dâmaso, Correio da Manhã, 12.10.20)

 

Até porque uma coisa é fazer sentido usarmos recursos nacionais para criar riqueza, desde que respeitando a sustentabilidade, outra é o que se está a passar no nosso país, ainda por cima abrindo a porta às grandes companhias mineiras que controlam o mercado global.”

(Cláudia Madeira,
O Jornal Económico, 13.10.20)