Espaço Criança
Brincar, aprender e sonhar ainda são o melhor remédio

A Festa do Avante! não podia, em 2020, deixar de dedicar uma especial atenção às crianças, confinadas em casa durante meses e privadas de muito do contacto humano que tão determinante é para o seu desenvolvimento harmonioso. E não o fez, dedicando-lhes uma programação específica que foi muito para além do Espaço Criança, estendendo-se ao CineAvante!, ao Avanteatro, ao Auditório 1.º de Maio e ao pavilhão da Organização Regional de Setúbal.

Mas foi sobretudo ali, no aprazível Espaço Criança, que os mais pequenos puderam dar largas à imaginação e à alegria, brincando livremente ou participando nas várias actividades preparadas pela Associação «Os Pioneiros de Portugal», que dinamizam aquele espaço. Do programa do Espaço Criança constou teatro, música, ioga, ateliês de jogos, plasticina e origami, contos, um peddy paper e os tão apreciados jogos de água, ainda mais apetecíveis em dias quentes como os que marcaram o passado fim-de-semana.

Como é evidente, ou não se estivesse a falar de crianças, nunca há duas iniciativas iguais e nenhuma correrá exactamente como estava inicialmente previsto: as crianças questionam, interpelam, interpretam, inventam. Numa das horas do conto, quando se lia uma história cabo-verdiana, a Maria fez questão de contar a viagem que fez em família a esse país e de falar um pouco da sua prima, originária precisamente de Cabo Verde.

Em jeito de balanço, já no domingo à tarde, pôde contatar-se que as crianças ficaram satisfeitas com as actividades realizadas, e as famílias com o descanso que aquela zona permite. O distanciamento foi assegurado e as regras cumpridas.

E quase ninguém se lembrou que o escorrega o baloiço e os balancés estiveram fechados.




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: