Comemorar 100 anos do Partido assegurando a sua independência financeira

«A melhor forma de comemorar o centenário do PCP e garantir o reforço da sua organização, é alargar a sua ligação às massas, é garantir a sua independência financeira e melhores condições para intervir no presente e no futuro», lê-se num folheto editado no âmbito da Campanha Nacional de Fundos em curso, sob o lema «O Futuro tem Partido».

Sendo esta «a mais significativa» campanha pecuniária alguma vez lançada pelo PCP, ela não tem, ao contrário de anteriores, «este ou aquele objectivo». A suscitar «a contribuição financeira de cada um», acrescenta-se, encontra-se «o Partido, a sua história de 100 anos de luta heróica, o seu ideal e projecto, a sua acção actual e futura».

Neste contexto, «o PCP dirige-se a todos os seus membros e aos amigos do Partido, aos democratas e patriotas que reconhecem o papel do PCP, o seu exemplo de 100 anos de luta, a garantia que dá no presente e no futuro de, sejam quais forem as condições, lutar pela liberdade, a democracia, a soberania nacional, a paz, a cooperação entre os povos e o progresso social, para que contribuam nesta campanha de modo a assegurar as condições necessárias à intervenção do Partido».

«Como em todos os momentos da sua história,também hoje o Partido é alvo de ataques, calúnias e tentativas de silenciamento, e como em todos os momentos da sua história o Partido soube resistir e avançar fossem quais fossem as circunstâncias em que foi chamado a intervir», acrescenta-se ainda no documento, antes de se sublinhar que «também hoje temos a responsabilidade de fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para que o Partido tenha condições para continuar a cumprir o seu papel».



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: