Aconteu
«Meninos que não foram crianças» em livro

Assinalando o 60.º aniversário da Proclamação da Declaração dos Direitos da Criança pela Assembleia Geral das Nações Unidas, o Movimento Democrático de Mulheres (MDM), em parceria com o Museu do Aljube Resistência e Liberdade, editou o livro «Meninos que não foram crianças – filhos de clandestinidade». A obra, inspirada no livro de conto «Crianças emergem da sombra», de Maria Luísa Costa Dias, é uma oportunidade para denunciar a ditadura fascista que roubou o direito a estas crianças de brincarem com outras crianças, de irem à escola, de crescerem junto dos pais, de poderem falar sem medo.

O livro traz ainda à memória a luta travada por mulheres e homens que deram o melhor de si, no combate abnegado pelo pão, pela paz, pela liberdade e democracia.

«Hoje sabemos, pela memória e pela história que fomos conhecendo sobre o regime fascista, que centenas de crianças, muitas ainda bebés, foram brutalmente separadas da família, ou estão obrigada a suportar as inclemências das prisões onde, por períodos por vezes longos, acompanharam o encarceramento das suas mães», escreve, na apresentação do trabalho, Luís Farinha, do Museu do Aljube.


«Amigos mais que prováveis» de Carnide

Nesta altura de pandemia, a Junta de Freguesia de Carnide, em Lisboa, está a formar um grupo de 20 jovens, para conversar diariamente com idosos por telefone, num programa chamado «Amigos mais que prováveis». «A ideia é que todos fiquem em casa, mas acompanhados», diz o presidente daquela autarquia, Fábio Sousa, em www.jf-carnide.pt.

Os jovens, entre os 14 e os 18 anos, do ensino básico e secundário, «estão a aprender princípios básicos de escuta activa e alguns conceitos psicológicos de empatia, como colocarmo-nos no lugar do outro, e o altruísmo. Acredito que os estamos a capacitar», acrescenta o eleito do PCP.

Segundo a Junta de Freguesia, estão identificados 1400 idosos, através do projecto RADAR da Santa Casa da Misericórdia, que pretende conhecer as carências da população sénior. O projeto terminará no final do período de isolamento social. «Depois queremos que se conheçam e que nasçam grandes amizades», espera Fábio Sousa.

A Junta de Freguesia tem ainda em curso os programas «Carnide vai às compras por si!» e «Carnide vai passear os seus amigos por si!».


Faleceu o Juiz Conselheiro Mário de Brito

Faleceu recentemente o Conselheiro Mário de Brito, um dos primeiros magistrados a integrar o Tribunal Constitucional após a sua criação, do qual foi titular durante 11 anos (1983-1994).

Foi um ilustre magistrado que sempre granjeou o respeito dos seus pares, pelas suas qualidades como juiz, mas também pela sua honestidade e rectidão tanto na vida profissional como na sua intervenção cívica.

O Conselheiro Mário de Brito sempre pautou o seu posicionamento pela defesa do regime democrático e do 25 de Abril e das causas justas dos trabalhadores.

O PCP endereçou à sua filha e restante família as suas mais sinceras condolências.


Adeus a Luís Fraga da Silva

O arqueólogo Luís Fraga da Silva, de 66 anos, morreu no dia 20 de Março. Foi o mais jovem preso político libertado do Forte de Peniche, depois da Revolução de Abril de 1974.

Fraga da Silva era um especialista em História do Algarve, autor de várias obras, entre as quais «Balsa. Cidade Perdida» e «A viagem de Ibn Ammâr de São Brás a Silves».

Como arqueólogo trabalhou no campo Arqueológico de Tavira, concelho onde se situou a cidade portuária romana de Balsa.


Morreu o desenhador de Astérix e Obelix

O desenhador Albert Uderzo, criador com René Goscinny de Asterix, o Gaulês, morreu dia 24 de Março, aos 92 anos.

O irredutível guerreiro gaulês apareceu pela primeira vez em Portugal, nas páginas da revista Foguetão, no dia 4 de Maio de 1961. Em 1967, foi editado o primeiro álbum de Astérix em Portugal: «Astérix, o Gaulês».

Em 2011, o cocriador de Astérix e Obélix, que assumira sozinho a continuação das aventuras, após a morte de Goscinny em 1977, passou o testemunho aos desenhadores Frédéric e Thierry Mébarki e ao guionista Jean-Yves Ferri.



Resumo da Semana
Frases