Breves
Campanha em Setúbal

«O que é de Setúbal vai parar à sua mesa» é o nome da campanha, lançada pela Câmara Municipal de Setúbal (CMS), na sua página de Facebook, de promoção do comércio tradicional na área alimentar, de incentivo à entrega de bens e produtos ao domicílio, no seguimento das restrições definidas no âmbito da prevenção da propagação da COVID-19.

Em www.facebook.com/municipiodesetubal são promovidos, diariamente, negócios do comércio tradicional, com enfoque na área da alimentação, e que incentivem a entrega de bens e produtos ao domicílio.

Os interessados em participar nesta acção, com negócios locais no concelho que reúnam os devidos requisitos, devem contactar o Departamento de Comunicação e Imagem, Relações Públicas e Turismo, através do endereço direcao.dcirt@mun-setubal.pt.


Moita reforça higiene

A Câmara Municipal da Moita está a efectuar a desinfeção de espaços públicos com maior afluência de pessoas, em vários locais do concelho. Durante o estado de emergência devido ao COVID-19, os serviços municipais de higiene e limpeza apenas procedem à recolha dos resíduos urbanos dos contentores, não sendo assim realizada a recolha de monos, resíduos verdes e sacos de entulhos. A Amarsul mantém a recolha dos ecopontos.


Propostas para a Feira

Em nota de imprensa, a CDU de Santa Maria da Feira propôs que, durante o «surto epidémico do COVID-19 que o País e o mundo enfrentam», os serviços de água e saneamento, recolha de resíduos sólidos e impostos municipais «devem sofrer alterações», nomeadamente proibindo «a interrupção do fornecimento doméstico de água e saneamento».

«Se não tivessem sido seguidas políticas de direita que levaram, entre outros, à privatização dos serviços de água e saneamento, estas medidas seriam facilmente aplicadas e poderiam corresponder à total das necessidades das populações», afirma a CDU.