Aconteu
Cuba com taxa de mortalidade infantil reduzida

Segundo os dados preliminares da Directoria de Registos Médicos e Estatísticas da Saúde cubana, em 2019, nasceram em Cuba 109.707 crianças com uma taxa de mortalidade infantil de 5 óbitos por mil crianças nascidas vivas. Estes valores significam que a ilha continua a manter-se entre 35 países com a menor mortalidade infantil de todo o mundo e um dos primeiros no continente americano.

Através da dedicação e do comprometimento de milhares de profissionais de saúde dos serviços de assistência materno-infantil, a nação do caribe continua a mostrar um enorme compromisso com a saúde das crianças tendo vindo a baixar drasticamente o risco de morte no primeiro ano de vida.

A directoria informou ainda que em 2019 também não existiram relatos de mortes maternas por hemorragia pós-parto, o que é um problema persistente nos países em desenvolvimento.


Norberto Barroca: uma vida dedicada ao teatro

O encenador e actor Norberto Barroca faleceu, dia 2, aos 82 anos, na Marinha Grande, de onde era natural.

A destacada personalidade do universo do teatro independente formou-se nas áreas da arquitectura e da história, mas foi como actor, declamador, encenador, cenógrafo, figurinista, professor e autor que se salientou no cenário cultural. Nascido em 1937, Norberto Barroca estreou-se no Grupo Fernando Pessoa do Centro Nacional de Cultura. Ao longo da sua vida continuou ligado a um largo número de grupos, salas e companhias teatrais, chegando a dirigir algumas delas como o Teatro S. Luiz ou Teatro Experimental do Porto.

O PCP expressou grande pesar pelo seu falecimento, lembrando a cooperação valiosa que Norberto Barroca manteve com a APU e a CDU, as quais apoiou e representou em vários actos eleitorais autárquicos.

O nome de Norberto Barroca será dado à galeria municipal onde ficará depositado todo o seu espólio.


Espectáculo sobre Valentim Barros volta ao S. Jorge

Depois do sucesso de estreia em Agosto do monólogo intitulado «Mário», com texto e encenação de Fernando Heitor, a ficção baseada na vida de Valentim Barros voltou às salas do Cinema de S. Jorge onde poderá ser vista até 28 de Janeiro.

Valentim Barros, inspiração do monólogo, foi uma das várias personalidades brutalmente peseguidas pelo regime fascista português, neste caso por perseguir a profissão que sempre idealizou de bailarino e por se declarar, abertamente, homossexual.

Estudante de dança clássica no Teatro Nacional D. Maria II e mais tarde bailarino em Barcelona, Berlim e na Ópera de Estugarda, Valentim Barros volta para Portugal em 1939 onde passou a ser sucessivamente preso e internado no Hospital Miguel Bombarda sobre o diagnóstico de psicopatia sexual e pederastia passiva. Sujeito a electrochoques e a uma lobotomia viria a morrer em 1986 ainda internado no mesmo hospital.


Faleceu John Baldessari, vulto da arte conceptual

O artista, conhecido por fundir as palavras com a arte plástica, faleceu com 88 anos, na cidade de Los Angeles, no dia 4.

John Baldessari, nascido em 1931, na Califórnia, destacou-se no cenário artístico internacional, acabando por ser considerado um dos pioneiros da arte conceptual a par de outros artistas como Joseph Kosuth e Hans Haacke. Tendotambém exercido a profissão de professor de arte, inspirou gerações de jovens, como David Salle, Mike Kelley ou Tony Oursler.

Para além dos trabalhos representados em museus de renome internacional, em Portugal, o Centro Cultural de Belém e a Fundação Calouste Gulbenkian apresentaram exposições do seu trabalho.


Nova descoberta no espaço

A agência espacial norte-americana, NASA, anunciou dia 6 a descoberta de um planeta com um tamanho idêntico ao da Terra. Para além desta semelhança, o novo planeta também se encontra na órbita de uma estrela a uma distância considerada habitável o que pode, possivelmente, permitir a existência de água.

O satélite TESS, responsável pelo achado e lançado em 2018 com o propósito de descobrir corpos celestes com as características mencionadas, encontrou mais dois planetas junto da mesma estrela que se encontra a 100 anos-luz. No entanto, apenas o TOI 700 d – nome dado ao achado – orbita no intervalo de distância adequado.



Resumo da Semana
Frases