Petição à AR contra «museu Salazar»

A URAP (União de Resistentes Antifascistas Portugueses) tomou a iniciativa de dinamizar uma petição a apelar à Assembleia da República, saída das eleições de 6 de Outubro, para que seja travada e abandonada a ideia de criar em Santa Comba Dão um «Museu Salazar», com este ou outro nome.

«Perante a amplitude da indignação que suscitou e suscita», tal projecto «reaparece de novo, encenado e refugiando-se, desta vez, com designação e dimensão pretensamente mais ampla e com contornos de investigação e critérios académicos», sob a designação de «Centro de Interpretação do Estado Novo», refere-se no texto da petição.

Reafirma-se que «a criação de tal museu seria um instrumento ao serviço do branqueamento do fascismo e de romagem para os saudosistas do regime que perseguiu, prendeu e torturou milhares de democratas que lutaram pela liberdade».

Como primeiros subscritores surgem 262 nomes de cidadãs e cidadãos, democratas de diferentes sensibilidades, profissões e regiões.

A URAP apela à assinatura, partilha e divulgação da petição, tanto na Internet (https://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=naoaomuseusalazar) como em papel (junto de dirigentes e activistas da URAP).




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: