Como se pode pretender instalar aqui [na antiga escola primária de Santa Comba Dão] um centro interpretativo ‘independente’ do Estado Novo? É verdadeiramente incompreensível.”

(Miriam Halpern Pereira, Público, 26.9.19)

 

 Não é honesto encarar o combate à degradação ambiental e à hiper-exploração dos recursos sem pôr em causa o modelo de produção. Não tenhamos ilusões: algumas das medidas que têm sido ‘vendidas’ como resposta a estes problemas não são só inócuas e ineficazes, são mesmo perversas.”

(Alma Rivera, candidata da CDU,
Diário de Notícias, 28.9.19)

 

Esta suspensão [de licenciamento de alojamento local na freguesia de Moscavide] tem em conta, sobretudo, a população mais idosa, que tem vindo a ser expulsa das suas habitações.”

(Bernardino Soares, presidente da CM Loures,
Jornal de Notícias, 28.9.19)

 

Nunca como hoje se assistiu a uma tão grande intervenção dos tribunais naquilo que, tradicionalmente, era considerado exclusivo da vida e da responsabilidade política.”

(António Cluny, i, 1.10.19)

 

A existência de offshores constitui a maior ameaça à estabilidade financeira de todos e é uma barreira intransponível para combater a desigualdade económica, em crescimento desde a crise de 2007.”

(António José Gouveia, Jornal de Notícias, 1.10.19)


 

Se for para congelar [as rendas] com os valores atuais, que estão extremamente especulativos, não faz sentido.”

 

(Romão Lavadinho, Associação
de Inquilinos Lisbonenses, i, 2.10.19)

 

 

 

Não quero subestimar o problema climático para que tantas instituições científicas nos vêm alertando. Mas tão-pouco posso ignorar a intoxicação das nossas cabeças com soluções que ignoram a sua complexidade.”

 

(Santana Castilho, Público, 2.10.19)