Aconteu
Portugal conquista medalhas em Minsk

Na manhã desta quarta-feira, 26, eram dez as medalhas já garantidas pelos atletas que integram a delegação portuguesa aos II Jogos Europeus, que decorrem em Minsk, Biolurrúsia, até ao próximo domingo, 30. A mais recente, de prata, foi ganha ontem pelo canoísta Fernando Pimenta em K1 1000, depois de na véspera o ginasta Diogo Ganchinho ter conquistado o bronze em trampolins, e os judocas Telma Monteiro, Rochele Nunes, Jorge Fernandes, Anri Egutidze, Bárbara Timo e Jorge Fonseca alcançado a prata na competição de judo por equipas mistas.

Estas medalhas vieram juntar-se ao ouro conquistado por Carlos Nascimento na corrida de 100 metros e às de prata e bronze asseguradas pelas ginastas acrobáticas Bárbara Sequeira, Francisca Maia e Francisca Sampaio Maia, em combinado, exercício dinâmico e na prova de equilíbrio, respectivamente.

A judoca Telma Monteiro conquistou ainda, individualmente, uma medalha de bronze de judo, na categoria -57kg. De bronze foi também a que arrecadaram Ricardo dos Santos, Cátia Azevedo, João Coelho e Rivinilda Mentai em estafetas mistas 4x400 metros. Nélson Oliveira venceu a medalha de prata no contra-relógio em bicicleta.


Sebastião Salgado premiado na Alemanha

Sebastião Salgado receberá o Prémio da Paz dos Livreiros Alemães, no dia 20 de Outubro, último dia da Feira do Livro de Frankfurt, anunciou, dia 18, o presidente da associação de livreiros, Heinrich Riethüller.

A atribuição do galardão ao fotógrafo brasileiro é o reconhecimento pelo seu trabalho, que incentiva a paz e a justiça social, no qual está presente também a abordagem a temas da maior importância como a protecção da natureza e do clima.

A obra fotográfica de Sebastião Salgado, divulgada em exposições e livros, tem uma forte incidência em temáticas relacionadas com o trabalho, a pobreza, os «sem casa» e a guerra.


Feira de S. João, em Évora

Abriu as portas no dia 21, prolongando-se até ao próximo domingo, 30, a Feira de S. João, em Évora, este ano sob o mote da candidatura da cidade a Capital Europeia da Cultura em 2027.

Promovida pelo município em parceria com as instituições do concelho e da região, esta festa popular com mais de 500 anos é uma das mais tradicionais do Alentejo e decorre, como é habitual, no Rossio de S. Brás, localizado às portas do centro histórico.

Durante os 10 dias de festejos, segundo a autarquia, o rossio vira «local de romaria da população e de forasteiros, que procuram nesta feira franca momentos de lazer e de diversão», mas também espaço onde instituições e agentes económicos dão a «conhecer o seu trabalho ou negócio».


Projecto «O mundo que vivi» em livro

«O Mundo que vivi», assim se chama o mais recente livro da colecção Memória Perecível, da Associação dos Jornalistas e Homens de Letras do Porto.

A obra, dada à estampa em Maio último, reúne os testemunhos de seis dos intervenientes no ciclo de colóquios promovido, entre Abril de 2015 e Julho do ano seguinte, por aquela entidade e que reuniu personalidades das mais diversas áreas sociais, políticas e artísticas.

Este volume integra os relatos de Arnaldo Trindade, Jorge Sarabando, José Luís Borges Coelho, Júlio Cardoso, Laura Soutinho e Vítor Ranita. Prometido está para um segundo volume a publicação dos restantes depoimentos que enriqueceram aquele ciclo que reuniu gente inconformada perante um quadro em que a «ética republicana de defesa do bem comum declina perante uma usura pecaminosa, sem escrúpulos, de interesses privados, adversos a uma sociedade de direitos iguais, diversa, fraterna, de gente feliz sem ressentimento pelo outro», como refere no preâmbulo Francisco Duarte Mangas.


«Casa de Vidro» vence na Croácia

O realizador Filipe Martins conquistou, com o filme «Casa de Vidro», o prémio de melhor curta-metragem no festival de cinema de Split, na Croácia. A história desenrola-se em torno do dia-a-dia de um homem toxicodependente, sem abrigo, que vive num antigo expositor de carros abandonado na marginal do Douro, segundo nota de imprensa divulgada dia 22 pela escola profissional Balleteatro, que produziu o filme.

«Casa de Vidro» fará agora o percurso por outros certames, como o «Festival of Kerala”» na Índia ou o «Tabor Film Festival – International Short Film Festival», na Croácia.



Resumo da Semana
Frases