“Por sermos território insular [Madeira] existem monopólios naturais que não devem ser geridos por privados.”

(Ricardo Lume, Económico, 3.5.19)

“Nuno Melo, ao recusar o rótulo de extrema-direita ao VOX, sabe bem no que o CDS se está a tornar ou está a permitir criar.”

(Miguel Guedes, Jornal de Notícias, 3.5.19)

“As sanções de 2017 basicamente impediram a Venezuela de aceder aos mercados de capitais internacionais e impediram a petrolífera estatal [PDVSA] de reestruturar empréstimos. É isto que está a provocar a catástrofe económica do país.”

(Jeffrey Sachs, Jornal de Notícias, 4.5.19)

“[A tentativa de golpe de Estado na Venezuela de 30 de Abril] É um ato desesperado da extrema-direita perante o seu fracasso.”

(Lucas Rincon Romero, Sol, 4.5.19)

“Por isso, não tenhamos dúvidas: o PS procura, com este teatro [em torno da questão dos professores], pedir a maioria absoluta. Que serviria, ‘apenas’, para voltar à sua matriz habitual de executante das políticas de Direita...”

(Rui Sá, Jornal de Notícias, 6.5.19)

“Para acreditarmos nas palavras dos dois líderes [do PSD e CDS] de que não houve recuo, vamos ter de recorrer a outra arte circense, a do ilusionismo, que faça desaparecer a triste figura que fizeram nestes dias e que os perseguirá ainda durante algum tempo.”

(David Pontes, Público, 6.5.19)

“CP sem recursos para evitar uma nova crise ferroviária no Verão.”

(Título, Público, 6.5.19)

“De facto, só a ignorância da história pode explicar o actual fascínio pelos movimentos de extrema-direita aparentados com o franquismo, o fascismo e o nazismo.”

(Alfredo Barroso, i, 6.5.19)