A lista conjuga experiência e rejuvenescimento
CDU realça na entrega da lista o valor do trabalho feito

ACTO A Coligação Democrática Unitária assume «o riquíssimo património de intervenção» dos seus deputados no Parlamento Europeu, realçou João Ferreira, à saída do Tribunal Constitucional.

Depois de entregue o processo da candidatura, no dia 5, sexta-feira, ao final da manhã, o primeiro candidato na lista da CDU às eleições de 26 de Maio, em declarações aos jornalistas, observou que este acto ocorreu «uma semana depois de termos prestado contas do trabalho que fizemos nestes últimos cinco anos, um trabalho muito rico, que não teme comparações», e assegurou que «é sobre esse património de intervenção dos eleitos da CDU no Parlamento Europeu que queremos construir a intervenção dos próximos anos, esperando levar mais longe esse riquíssimo património».

João Ferreira destacou que a lista, de 29 nomes, «conjuga experiência com uma renovação assinalável», e apresenta «a média etária mais baixa dos cinco primeiros candidatos». Sublinhou ainda «uma forte presença de mulheres», inclusive nos lugares cimeiros (três mulheres entre os cinco primeiros candidatos).

Questionado acerca do significado da palavra de ordem «Mais força à CDU» em termos de resultado eleitoral, o cabeça-de-lista disse que aumentar o número de deputados, «mais do que um objectivo do PCP e da CDU, é uma necessidade do País, à qual está nas mãos dos portugueses responder».

«Os últimos anos demonstraram que foi importante termos deputados da CDU no Parlamento Europeu», os quais «nunca vacilaram perante a necessidade de defender o interesse nacional, o interesse dos trabalhadores e do povo contra todas as pressões», frisou, lembrando que «houve muitas chantagens, em determinada altura, da parte de instituições da União Europeia». «Estivemos na primeira linha desse combate» e «é de toda a utilidade reforçar esta presença», concluiu.

Para formalizar a candidatura, compareceram também Ana Margarida Carvalho (mandatária nacional da CDU), Sandra Pereira (segunda candidata), Mariana Silva (candidata e membro do Conselho Nacional do Partido Ecologista «Os Verdes»), João Geraldes (candidato e dirigente da associação Intervenção Democrática), Ângelo Alves (da Comissão Política do Comité Central do PCP), Eugénio Pisco (do CC do PCP) e Victor Cavaco (do CN do PEV).

Iniciativas em Lisboa
Na manhã de sexta-feira, o primeiro candidato na lista da CDU contactou com trabalhadores do Aeroporto de Lisboa. De tarde, visitou a exposição «Futurália 2019», na FIL.

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: