Acção de contacto no Litoral Alentejano

Anteontem, 9, João Ferreira, cabeça de lista da CDU às eleições para o Parlamento Europeu (PE), esteve nos concelhos de Sines e Santiago do Cacém.

O dia começou, bem cedo, na Refinaria da Galp, em Sines. Junto à entrada do complexo industrial, o candidato, acompanhado por Hélder Guerreiro, dirigente do SITE Sul e da Comissão de Trabalhadores da Petrogal, conversou com aqueles que laboram e fizeram crescer a maior exportadora do País. Estiveram em greve desde o início do ano até terça-feira, em defesa da contratação colectiva e dos direitos laborais e sociais, mas também por melhores salários e contra a precariedade.

Para o dia 12 de Abril está agendada uma reunião com a administração da empresa, que só regressou às negociações face à luta travada. Como Hélder Guerreiro explicou ao Avante!, a «proposta informal», não sendo a pretendida pelos trabalhadores, aproxima-se das suas reivindicações.

Valorizando a «luta corajosa» dos trabalhadores, João Ferreira pegou no exemplo da Galp, empresa com «lucros recordes», para salientar «o muito que ainda há para fazer na valorização do trabalho e dos trabalhadores, dos seus salários e direitos».

A manhã prosseguiu em Santiago do Cacém, numa acção junto dos trabalhadores da Câmara Municipal, de maioria CDU. Acompanhado por Álvaro Beijinha, presidente da autarquia, Margarida Santos, vice-presidente, e Jaime Cáceres, vereador, João Ferreira distribuiu o documento «Mais força à CDU», onde se dá a conhecer os candidatos «para defender o povo e o País!».

Seguiu-se um almoço no Centro de Dia da Casa do Povo de Alvalade do Sado e uma visita ao lar da instituição. Estas acção têm como objectivo «dar a conhecer o trabalho» desenvolvido pelos deputados do PCP, no PE e na Assembleia da República, mas também «as nossas propostas», como a valorização das pensões de reforma ou o reforço do Serviço Nacional de Saúde, confirmou João Ferreira. «Com mais apoio à CDU, estamos a criar condições para o País andar para a frente», concluiu.

O dia terminou onde começou, em Sines, no Salão do Povo, com um jantar com trabalhadores, membros de organizações representativas de trabalhadores (ORT) e apoiantes da CDU. A iniciativa contou com a presença de Mariana Silva, candidata do PEV que integra a lista da CDU.

João Ferreira destacou o papel da luta dos trabalhadores no combate contra a política de direita e denunciou a acção do Governo PS – com o apoio do PSD e do CDS, mas também dos patrões – que pretende agravar as leis do trabalho. «Quanto mais força derem à CDU, mais força terão, também, os trabalhadores nos combates que vamos continuar a travar por uma vida melhor e para responder aos problemas do País», apelou.

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: