A aposta no transporte público tem de de ser nacional
Prosseguir avanço nos passes com aposta nos transportes

ESTRATÉGICO O PCP entregará na Assembleia da República uma iniciativa legislativa visando aprofundar a aposta no transporte público, anunciou Vasco Cardoso, da Comissão Política.

A proposta comunista avança quando entra em vigor um novo regime de passes intermodais em Lisboa e no Porto, resultado da luta e iniciativa do Partido que nunca abandonou a reivindicação de títulos únicos para todos os operadores a preços sociais.

A revelação foi feita por Vasco Cardoso, que em conferência de imprensa realizada ontem considerou legítima a expectativa «com que largos milhares de pessoas olham para a concretização da redução do preço dos transportes públicos». Todavia, «essa expectativa não pode levar a ignorar que se trata de um passo num caminho bastante mais longo».

Em causa, explicou, está a necessidade de apostar no transporte público pela importância de «garantir o acesso à mobilidade dos que cá vivem, estudam e trabalham, e daqueles que nos visitam; contribuir para a redução do consumo de combustível importado e para a redução das emissões poluentes; diminuir a importação nacional de petróleo e automóveis».

«Para atingir muitos destes objectivos é necessário que cada vez mais portugueses optem por se tornar utentes regulares da rede de transportes públicos. O que implica que essa rede, necessariamente intermodal, exista e esteja acessível de forma simplificada, sendo necessário satisfazer – simultaneamente - as questões que determinam qualquer possibilidade de opção pelo transporte público para deslocações regulares: o preço, a quantidade, a frequência, o conforto e fiabilidade da oferta», acrescentou.

«Há que transformar o passo dado a partir de Abril numa verdadeira aposta nacional», precisou ainda Vasco Cardoso, que em síntese reiterou que «alargar a oferta, estender a opção pelo transporte público a todo território, assegurar o carácter estratégico que este tem para o País, com o Estado a assumir o seu papel na garantia desse direito» são «os elementos centrais da iniciativa legislativa do PCP».



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: