João Ferreira contacta na Galp

Faz hoje uma semana, o cabeça-de-lista da CDU às eleições para o Parlamento Europeu, João Ferreira, contactou com trabalhadores da Galp e membros das organizações representativas de trabalhadores da Petrogal. No final da iniciativa, acusou os capitalistas que se apropriaram» da empresa de a usarem como «uma máquina de fazer dinheiro», tendo retirado em sete anos 2625 milhões de euros em dividendos.

Para o País, para os trabalhadores e para os consumidores, a alienação da empresa revela-se desastrosa. No primeiro caso, porque além dos lucros gerados não servirem o erário público, a actividade não está hoje centrada, como devia, na refinação e distribuição de combustíveis; no segundo, porque o agravamento da exploração é uma evidência, e em relação aos consumidores porque os preços pagos pelos bens e serviços são extraordinariamente altos, explicou.

«Durante largos anos, PS, PSD e CDS partilharam, nos sucessivos governos, responsabilidades no processo de liberaização e privatização do sector. Hoje partilham uma cumplicidade com os interesses dos capitalistas que se apropriaram da Galp, fingindo ignorar os custos que as suas opções tiveram e têm», lembrou ainda João Ferreira.




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: