Outubro de 1882 – Nasce Béla Lugosi, o Drácula

O actor húngaro Béla Ferenc Dezső Blaskó, conhecido por Béla Lugosi, nasceu em Lugos, no então Império Austro-Húngaro, actual Roménia, e tornou-se conhecido pela sua interpretação de conde Drácula, primeiro na versão teatral da Broadway do romance de Bram Stoker, em 1927, e depois na adaptação cinematográfica, em 1931, que fez dele uma estrela internacional. O que poucos sabem é que Lugosi, que até 1918 esteve ligado ao Teatro Nacional de Budapeste, foi um activista e dirigente sindical que lutou contra os baixos salários, pela melhoria das condições de trabalho e pela igualdade de tratamento dos jovens actores. Defensor entusiasta da Revolução de Outubro, Lugosi apoiou o Partido Comunista Húngaro, fundado em Dezembro de 1918, e o breve (133 dias) governo revolucionário de Bela Kun instalado em Março de 1919. O «terror branco» do governo contra-revolucionário que se seguiu obrigou Lugosi a fugir do país e a emigrar para os EUA. A aliança do ditador húngaro Miklos Horthy com Hitler, durante a II Guerra Mundial, foi denunciada e combatida pelo actor, que nos EUA se destacou na luta antifascista, ajudou a formar o Conselho Húngaro-Americano para a Democracia, e se bateu pelo resgate de refugiados húngaros e contra as restrições à imigração.



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: