Aconteu
Fogo lavrou na Serra de Sintra

Um incêndio deflagrou ao final do dia de sábado, 6, na Serra de Sintra, e acabou dominado na manhã de domingo. As chamas terão alastrado da zona do santuário da Peninha à área do Parque Natural já no concelho de Cascais, obrigando à evacuação de cerca de 350 pessoas do parque de campismo da Areia, e das localidades de Biscaia, Almoinhas Velhas e Figueira do Guincho.

Dos 21 feridos registados na ocorrência, duas dezenas eram bombeiros, metade dos quais assistidos no local e a outra metade transportados para unidades hospitalares. No total, estiveram envolvidos no combate às chamas mais de 700 operacionais e mais de 200 meios terrestres.


Luta contra a SIDA está de luto

A investigadora e ex-presidente da Comissão Nacional de Luta Contra a SIDA, Odette Santos-Ferreira, faleceu no domingo, 7, aos 93 anos. Antes de liderar o combate à SIDA, notabilizou-se ao identificar, no início dos anos 80, a segunda estirpe do vírus, avanço que lhe valeu o prosseguimento do seu trabalho epidemiológico no Instituto Pasteur, em Paris.

Coordenadora da Comissão Nacional de Luta Contra a Sida entre 1992 e 2000, concentrou esforços no apoio aos doentes e na prevenção e disseminação da doença, tendo sido impulsionadora do projecto de troca gratuita de seringas pelos toxicodependentes, programa que permitiu salvar inúmeras vidas.


Congresso Saramago em Coimbra

Decorreu entre segunda-feira, 8, e ontem, dia 10, no Convento de São Francisco, em Coimbra, o Congresso Internacional «José Saramago: 20 anos com o Prémio Nobel». A iniciativa, co-organizada pelo Centro de Literatura Portuguesa (CLP) da Universidade de Coimbra e pela Câmara Municipal, e na qual participou a Fundação José Saramago, teve como objectivos aprofundar e lançar novas pistas de conhecimento sobre a obra literária do escritor e ensaísta que foi militante do PCP até ao seu falecimento, em 2010.

No congresso, entre conferências, debates, a atribuição de um prémio literário e a estreia de uma adaptação de «O Ano da Morte de Ricardo Reis» para o teatro, foi colocado à venda o «Último caderno de Lanzarote».


Borges Coelho agraciado na sua universidade

O historiador António Borges Coelho foi distinguido com o Prémio da Universidade de Lisboa (UL), anunciou anteontem a instituição. Borges Coelho matriculou-se pela primeira vez na UL no ano lectivo de 1948/49, mas pouco depois foi preso por actividade no então Movimento de Unidade Democrática – Juvenil. Militante clandestino do PCP, passou seis anos e meio nas cadeias fascistas, tendo retomado a licenciatura em Histórico-Filosóficas na UL em 1962/63.

Já depois do 25 de Abril, leccionou História durante 24 anos (até 1998), tendo-se doutorado com uma tese intitulada «Inquisição de Évora», investigação, publicada em dois volumes em 1987, que levantou polémica por contrariar a historiografia oficial, tendencialmente benévola e acrítica, para um período que Borges Coelho defende ter sido brutal.

De resto, a sua primeira obra, «Raízes da Expansão Portuguesa», de 1964, também apresenta uma perspectiva contra-dominante sobre o período dos descobrimentos portugueses nos séculos XV e XVI.

António Borges Coelho, que completou 90 anos no dia 7 de Outubro, já foi agraciado com o Prémio da Fundação Internacional Racionalista, e pelo Estado português com a Grã-Cruz da Ordem de Sant’Iago da Espada.


Banksy volta a surpreender

O artista plástico que se apresenta como Banksy e cuja identidade não está confirmada, sabendo-se apenas que é natural da cidade inglesa de Bristol, voltou a surpreender o mundo ao destruir o quadro de sua autoria «Rapariga com balão» depois de este ter sido arrematado num leilão da Sotheby’s. A intenção de Banksy de impedir a especulação com a sua obra é inequívoca dado que o próprio autor divulgou e comentou numa rede social, na sexta-feira, 5, o surpreendente momento em que a tele se desfez em tiras devido ao accionamento de um mecanismo triturador que o próprio havia instalado friso inferior da moldura.

Banksy tem uma intensa obra artística de rua espalhada por diversas cidades, distinguindo-se pelo apoio à emancipação social e nacional dos povos, particularmente da Palestina, e em defesa da paz.



Resumo da Semana
Frases