- Edição Nº2327  -  5-7-2018

Faleceu Luís Quintino, funcionário do Partido

Aos 68 anos faleceu o camarada Luís Filipe Toca Quintino, funcionário do Partido desde 1974. Nascido em Benavente, foi como jovem estudante do Instituto Superior de Psicologia Aplicada que iniciou a sua actividade associativa. Em 1970, emigrou para a Holanda, integrando a Comissão de Apoio aos Presos Políticos e o movimento associativo de emigrantes desertores e refractários. Foi aí que, dois anos depois, aderiu ao PCP.

Em 1974 voltou a Portugal, assumindo em Dezembro tarefas como funcionário do Partido. Entre Setembro de 1974 e Fevereiro do ano seguinte integrou o Comité Local de Lisboa, assumindo desde então tarefas na Comissão Distrital de Aveiro. Em 1979 assumiu responsabilidades na Comissão Distrital de Viseu regressando a Aveiro em 1981.

Em Aveiro, foi membro da Direcção da Organização Regional, do seu Executivo e Secretariado, onde foi responsável por diversas organizações concelhias, das quais se destaca a de Santa Maria da Feira, de que foi responsável por mais de duas décadas, e por frentes de trabalho específicas, nomeadamente as autarquias e o sector corticeiro. Na última fase da sua vida, Luís Quintino encontrava-se ligado a tarefas inerentes ao trabalho central do Partido.

As cerimónias fúnebres foram reservadas à família, como era sua vontade.