Breves
Moratória para o Porto

Na sexta-feira, 4, uma delegação da CDU – entre outros, com Ilda Figueiredo e Rui Sá, eleitos, respectivamente, na Câmara e Assembleia Municipal do Porto – visitou a zona da Arrábida. No final, a Coligação PCP-PEV pediu uma moratória para que se divulguem os projectos que existem para as zonas da Arrábida, Foz Velha e central do Porto, dada a «pressa» da Câmara do Porto «em deferir processos».


Respostas para a Madeira

Os deputados do PCP na Assembleia Legislativa da Madeira apresentaram, na passada semana, diplomas sobre «A necessidade de Lares de idosos e uma nova resposta pública para a terceira idade» e outro que «Recomenda ao Governo para que verifique e assegure o cumprimento das recomendações da Provedoria de Justiça para garantia do bom funcionamento dos lares de idosos na Região Autónoma da Madeira (RAM)».

As propostas têm em conta a nova dinâmica populacional e o elevado número de altas problemáticas.


CTT encerram na Póvoa

Em comunicado, a Coligação PCP-PEV denuncia que o posto dos CTT na rua Luís de Camões, na Póvoa de Santo Adrião, fechou em Abril. Agora, os utentes desta freguesia apenas têm como opção a estação da rua dos Heróis de Chaimite, em Odivelas.


Contas do Sobral

A Câmara de Sobral de Monte Agraço encerrou o ano de 2017 com uma dívida total de 4,8 milhões de euros, menos um milhão do que a que registava no final de 2015. O resultado decorre da redução da dívida não só de médio e longo prazo (3,6 para 3,1 milhões de euros), mas também de curto prazo (2,1 para 1,6 milhões de euros), conclui o Relatório de Contas de 2017, aprovado, dia 27 de Abril, com os votos favoráveis da CDU.


Propostas para mobilidade

Na Assembleia da União de Freguesias do Laranjeiro e Feijó, de 19 de Abril, a CDU fez aprovar, com a abstenção do PS e do PSD, uma moção «Pelo fim das portagens na Ponte 25 de Abril». No documento exige-se, entre outras medidas, a abertura de um nó na auto-estrada 2, entre Almada e o Fogueteiro, e o alargamento das coroas do Passe Social Intermodal.


Novo terminal em Setúbal

A Câmara Municipal de Setúbal aprovou, no dia 2 de Maio, a abertura de um concurso público para a construção de um novo terminal de transportes no valor de três milhões de euros e com um prazo de execução de 540 dias. O objectivo, segundo a autarquia, é «deslocalizar o terminal rodoviário, actualmente na Avenida 5 de Outubro, instalando-o junto da estação ferroviária, na Praça do Brasil». O concurso prevê também a construção de um parque de estacionamento subterrâneo, áreas de apoio, infra-estruturas e equipamentos.

O projecto, que se enquadra na estratégia de mobilidade para a capital do distrito, integra uma candidatura ao Portugal 2020 de obtenção de financiamento no âmbito dos Planos Estratégicos de Desenvolvimento Urbano.


Investimentos no Seixal

No dia 4 de Maio, a Câmara Municipal do Seixal aprovou, entre outros pontos, a 2.ª revisão às Grandes Opções do Plano e Orçamento (GOP) para 2018, diversos contratos-programa e comparticipações financeiras a colectividades e associações do movimento associativo do concelho e uma tomada de posição pela defesa da cultura e do património.

No que se refere às GOP, Joaquim Santos, presidente da autarquia, referiu que «com esta aprovação o município estará em condições de concretizar um conjunto vasto de obras em equipamentos, espaços públicos ou infra-estruturas, reforçando a oferta de serviços e a qualidade de vida, o que irá ter reflexos na melhoria do serviço público que prestamos à população».


Degradação da TÓBOM

Na Assembleia Municipal do Montijo, realizada a 28 de Abril, a CDU alertou para o actual estado de degradação da antiga fábrica TÓBOM, em risco de derrocada da cobertura e da fachada. A autarquia, do PS, estabeleceu um perímetro de segurança que, no entender da CDU, é insuficiente.


Tribuna pública em Évora

Amanhã, 11, no Largo Luís de Camões, em Évora, tem lugar uma tribuna pública, às 17h30, «Por uma escola pública de qualidade». A iniciativa é promovida pelo Movimento de Utentes dos Serviços Públicos.