Paz em causa na Colômbia

Este é «o pior momento do processo de paz», considera a Força Alternativa Revolucionária do Comum (FARC) em conferência de imprensa de reacção à detenção do ex-guerrilheiro e membro da delegação negociadora com o governo colombiano Jesus Santrich.

Santrich foi detido na segunda-feira, 9, por alegado narcotráfico para os EUA no segundo semestre de 2017, pretenso crime ocorrido num período não coberto pela proibição de extradição para território norte-americano, acordada entre as FARC-EP e o executivo liderado por Juan Manuel Santos.

Santos afirmou que não hesitará em extraditar Jesus Santrich para os EUA, mas o agora partido político FARC adverte que a prisão daquele representa um troféu que o presidente colombiano pretende levar ao seu homólogo Donald Trump.



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: