O marxismo-leninismo é uma teoria actual e transformadora
Legado inspirador de Karl Marx em destaque na conferência

FORMAÇÃO A Conferência que o PCP promove nos dias 24 e 25 de Fevereiro, na Voz do Operário, em Lisboa, inserida no II Centenário do Nascimento de Karl Marx, abre da melhor maneira um ano de comemorações.

 

Image 24398

O lema da conferência (aliás o mesmo que preside às comemorações), «II Centenário do nascimento de Karl Marx – Legado, Intervenção, Luta. Transformar o Mundo», resume na perfeição aqueles que são os seus objectivos, expressos nas áreas temáticas que abordará. Assim, e por mais que a análise à sua obra teórica e respectivo impacto na época tenha aí um merecido lugar, será sobretudo o seu legado inspirador e emancipador a estar em destaque. Com vista, como é evidente, à abertura de perspectivas de uma intervenção transformadora da realidade.
A conferência tratará quatro áreas temáticas: economia, organização social, filosofia e cultura e ainda política. Trata-se de grupos temáticos amplos, no âmbito dos quais serão agrupadas as contribuições dos participantes, seguramente variadas e enriquecedoras do debate e da reflexão colectiva.

Contributos enriquecedores

Na primeira área temática cabem questões como a génese, natureza e contradições do capitalismo; as formas e expressões actuais da crise estrutural do capitalismo; a chamada «globalização» e a financeirização da economia; as formas encontradas pelo capital para contrariar a baixa tendencial da taxa de lucro ou as limitações das «respostas» à crise no quadro do sistema capitalista, sejam neoliberais ou keynesianas.
Quanto à organização social – a segunda área temática – integra contribuições sobre assuntos tão diversos quanto as transformações na estrutura e composição das classes sociais; a luta reivindicativa, consciência de classe e alianças sociais; as novas formas de exploração; as estratégias do capital de ataque ao movimento sindical de classe e revolucionário; o modo de produção capitalista e a predação da natureza; ou a mulher e o trabalho no capitalismo.
Na área da filosofia e da cultura cabem reflexões, entre outros assuntos, sobre o materialismo dialético, a utopia e a transformação prática da realidade, os aparelhos de dominação ideológica e o desenvolvimento do pensamento marxista.
A última área temática permitirá reflectir sobre a natureza, projecto e estrutura organizativa do partido da classe operária e de todos os trabalhadores nas diferentes etapas do processo revolucionário; o papel histórico da classe operária e a questão do poder político; o quadro nacional e internacional da luta de classes; a independência e a soberania; a guerra de supremacia capitalista e a luta pela paz; a liberdade, a democracia e o socialismo como objectivos de luta da classe operária, dos trabalhadores e dos povos; e a natureza de classe do Direito.
 
Informações e inscrições

As inscrições para participar na conferência já estão abertas e podem ser efectuadas junto das organizações do Partido, através da ficha de inscrição respectiva, ou em formato digital, no sítio www.pcp.pt (onde estão também disponíveis mais informações e sugestões de leitura).
No dia 24, os trabalhos ini-   ciam-se às 10h30, mas a recepção aos participantes, para entrega do cartão e da pasta, inicia-se às 9h00 no local próprio para esse efeito. A fim de evitar atrasos no início dos trabalhos, a organização apela aos participantes para que evitem chegar perto da hora marcada para o arranque da conferência. No primeiro dia, os trabalhos prosseguem até às 18h00. No domingo, 25, a conferência inicia-se às 10h00 e termina às 17h30.

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: