José Vitoriano evocado no Algarve

O PCP vai evocar o centenário do nascimento de José Vitoriano no Algarve, particularmente no concelho de Silves, onde no último dia de Dezembro de 1917 nasceu aquele que se tornaria num destacado militante e dirigente comunista, dedicado dirigente sindical e corajoso resistente antifascista. No dia 19 é inaugurada uma exposição na Biblioteca Municipal de Silves, que aí ficará patente até ao dia 27. No dia da inauguração realiza-se às 21 horas uma sessão sobre a vida e a luta de José Vitoriano, na qual participa Manuela Bernardino, membro da Comissão Central de Controlo do Partido.

Na nota enviada às redacções pela Direcção da Organização Regional do Algarve do PCP destaca-se as origens de José Vitoriano, operário corticeiro nascido «num Algarve rural do início do século XX, onde as condições de vida eram duras e pobreza era a realidade da generalidade da população». A consciência de classe adquirida desde muito jovem, o destacado percurso sindical, a longa prisão e as responsabilidades desempenhadas enquanto dirigente do PCP na clandestinidade, na revolução e em democracia são também realçadas, para além das funções institucionais, nomeadamente a de deputado e vice-presidente da Assembleia da República.




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: