Aconteu
Banca eliminou 7 mil postos de trabalho

Os principais bancos nacionais suprimiram 7196 postos de trabalho nos últimos dez anos, segundo dados divulgados, dia 4, na imprensa, com base nos relatórios e contas do BCP, CGD, Novo Banco, BPI e Santander Totta.

Se no final de 2006, os bancos contavam com cerca de 42 355 funcionários, em finais de 2016 restavam apenas 35 159.

O BCP foi o banco que destruiu mais emprego, reduzindo o efectivo em 2813 trabalhadores. Após a resolução do Banco Espírito Santo, a instituição agora designada Novo Banco perdeu 1897 trabalhadores.

Por sua vez, a Caixa Geral de Depósitos reduziu em 1229 o número funcionários, prevendo eliminar mais 650 empregos até ao final do ano. As reduções de efectivos irão também continuar no BPI, que manifesta a intenção de extinguir 500 portos de trabalho ainda em 2017.

O Santander foi o único banco que aumentou o número de trabalhadores, circunstância que se deve à aquisição de outras instituições e à integração dos respectivos trabalhadores.


Área ardida continua a aumentar

Os incêndios florestais consumiram este ano a maior área florestal dos últimos dez anos, duas vezes acima da média anual da última década.

De acordo com o relatório provisório do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), relativo ao período entre 1 de Janeiro e 31 de Agosto, registaram-se um total de 12 377 ocorrências (2652 incêndios florestais e 9725 fogachos), de que resultaram 213 986 hectares de área ardida de espaços florestais.

O distrito com maior área ardida é Castelo Branco, com 37 234 hectares, cerca de 17 por cento da área total, seguido de Santarém, com 35 937 hectares, e de Coimbra, com 25 593 hectares.

O ICNF indica que 2017 é o segundo ano mais severo desde 2003, ultrapassado apenas por 2005, anos que foram os piores de sempre, com 425 839 hectares ardidos, em 2003, e 339 089 hectares, em 2005.

Quase 79 por cento do território continental encontrava-se, em Julho, em situação de seca severa e extrema, segundo o boletim climatológico do Instituto Português do Mar e da Atmosfera. A seca severa abrangia 69,6 por cento do território a seca extrema 9,2 por cento.


Feira do Livro abriu no Porto

A Feira do Livro do Porto abriu, dia 1, nos jardins do Palácio de Cristal, prolongando-se até dia 17, com um programa marcado por debates, música e teatro.

A edição deste ano é dedicada à poetiza Sophia de Mello Breyner, cuja obra é tema de um ciclo de debates. A programação cultural inclui cinema, exposições, várias oficinas e actividades para crianças, que decorrem nos próprios jardins e na Biblioteca Almeida Garrett, entre outros espaços.

A 16 de Setembro, o evento recebe um colóquio sobre o trabalho de Óscar Lopes (1917-2013), antigo diretor da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, que se destacou como linguista, crítico e historiador literário. Foi militante do PCP.


Setúbal homenageia actor Carlos Rodrigues

A Câmara Municipal de Setúbal inaugurou, dia 3, uma escultura da autoria de Jorge Pé-Curto dedicada ao actor Carlos Rodrigues, conhecido por Manuel Bola, que morreu em Dezembro passado.

A obra de arte, instalada na placa central da avenida, defronte do Fórum Municipal Luísa Todi, representa Manuel Bola a corpo inteiro a fazer uma vénia com a boina na mão.

A estátua é feita em bronze e tem 2,15 metros de altura, sendo uma forma de «Setúbal evocar uma das principais figuras da cultura local», referiu em comunicado a autarquia.


Editora reedita inéditos de Almada Negreiros

A editora Assírio & Alvim anunciou, dia 1, a reedição dos volumes «Ficções» e «Poemas» de Almada Negreiros com inéditos e leituras aperfeiçoadas.

Para além destes duas edições que reúnem todas as ficções breves de Almada Negreiros e o conjunto completo da poesia daquele que foi uma das figuras mais destacadas da vanguarda da arte portuguesa do século XX, a editora tem em preparação outras novidades, de que se destacam a publicação, em outubro, de «Um Amor Feliz», o único romance de David Mourão-Ferreira, e, em Novembro, da primeira edição da poesia completa de Mário Cesariny.



Resumo da Semana
Frases