Luta prossegue na MEO

Foi convocada para hoje, dia 10, entre as 10h30 e as 13 horas, junto à Presidência do Conselho de Ministros, uma concentração de dirigentes e activistas das organizações representativas dos trabalhadores da MEO e do Grupo PT. Durante esta acção, como adiantou anteontem a Fectrans/CGTP-IN, será entregue ao Governo «vária documentação».

A federação e os seus sindicatos, bem como as demais estruturas sindicais e a Comissão de Trabalhadores, acusam a multinacional Altice, a quem foi vendida a PT Portugal SGPS (Grupo PT) há dois anos, de querer eliminar milhares de postos de trabalho através de despedimentos colectivos encapotados e da «transmissão de estabelecimento» de trabalhadores, colocados noutras empresas, algumas delas criadas para este efeito.

A determinação de prosseguir a luta, após a grande jornada de 21 de Julho, foi reafirmada em vários plenários realizados desde então em algumas capitais de distrito, com concentrações no exterior de edifícios da PT, como sucedeu no dia 3, em Viseu.

 



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: