Espanha encerra central nuclear

O governo de Espanha decidiu fechar a central nuclear de Garona (Burgos), segundo anunciou, dia 1, o ministro da Energia, Álvaro Nadal.

O responsável governamental, citado pela agência Efe, deixou claro que a decisão tomada não pode ser extrapolada para o resto das centrais nucleares espanholas.

A central de Garona é a mais antiga do país e está parada desde 2012. O Conselho de Segurança Nuclear aprovou, em Fevereiro último, um parecer favorável à reabertura da central, mas impôs uma série de condições que implicam grandes investimentos.

Os representantes dos trabalhadores da central de Garona já manifestaram a sua grande preocupação quanto ao futuro dos cerca de 400 postos de trabalho directos e indirectos que a unidade garante.




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: