Avidouro reclama apoios

Os vitivinicultores durienses cuja produção foi afectada pela queda de granizo e chuva na semana passada têm de ser apoiados pelo Governo, reclama a associação independente de produtores (Avidouro). A intempérie comprometeu boa parte da produção agrícola em vários concelhos da Região Demarcada do Douro. Nalguns casos, frutos e hortícolas foram totalmente dizimados.

No caso da vinha, as campanhas dos próximos anos podem estar total ou parcialmente em causa, alerta ainda a Avidouro, que exige do executivo liderado por António Costa a «atribuição de uma ajuda financeira efectiva a todos os agricultores», bem como a «suspensão do pagamento das prestações mensais para a Segurança Social, sem perda de direitos».

Além do mais, impõem-se a «criação de uma linha de crédito altamente bonificado e com carência de dois anos», assim como a «antecipação do pagamento dos subsídios comunitários da campanha de 2017». A Avidouro pretende, também, a manutenção no terreno dos técnicos do Ministério da Agricultura que têm avaliado prejuízos e ajudado a encontrar soluções para minimizar estragos e conter os danos.



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: