A cada ano melhoram as condições para o usufruto da Festa
A Festa do Avante! é cada vez melhor e a de 2017 não será excepção

FESTA As jornadas de trabalho de construção da 41.ª edição da Festa do Avante! iniciam-se a 15 de Junho. A Festa, essa, está marcada para os dias 1, 2 e 3 de Setembro, na Quinta da Atalaia.

A venda da Entrada Permanente, a mobilização para as jornadas de trabalho e as mil-e-uma tarefas relacionadas com a divulgação são, no imediato, as prioridades da acção do colectivo partidário no que respeita à Festa do Avante!. Mas ao mesmo tempo prosseguem no terreno obras de melhoramento do recinto que desde o ano passado passou a integrar a antiga Quinta do Cabo, alargando consideravelmente a área disponível para a Festa e os espaços de sombra e lazer, e aproximando ainda mais a Festa do rio.

Ao mesmo tempo tem-se vindo a melhorar, ano após anos, as condições de recepção e os serviços disponíveis, e 2017 não será excepção. Ao nível das acessibilidades, transportes e estacionamento são muitas as opções. Quanto ao transporte colectivo (autocarro, barco ou comboio), haverá horários alargados nos dias da Festa e, no caso dos autocarros, paragens mais próximas da nova entrada da Festa, pela Quinta do Cabo.

Como sucede de há alguns anos a esta parte, a partir da estação de comboios de Foros de Amora existe um serviço de autocarros gratuitos vai-e-vem entre a estação e o recinto da Festa. Para aceder a este serviço basta solicitar um bilhete próprio no quiosque da Festa junto à referida estação, nos Centros de Trabalho do PCP nas regiões de Setúbal (antes da Festa) ou, uma vez no interior da Festa, na Comissão de Campo, nas recepções/ bagageiras ou no posto de informações.

Quem for à Festa de viatura própria, e para além dos bons acessos existentes, há dois parques estacionamento: um junto à estação ferroviária de Foros da Amora (a partir do qual é possível chegar à Festa recorrendo ao já referido vai-e-vem) e outro a cerca de 300 metros da Festa, junto à Escola Paulo da Gama.

A excursões organizadas, algumas incluindo estadia em hotel, são outra opção para visitar a Festa a que cada vez mais gente recorre. Quem pretender informar-se ou inscrever-se deverá contactar os centros de trabalho do PCP ou a sede da JCP.

Usufruir plenamente

Pelos múltiplos serviços que tem à disposição dos visitantes, a Festa do Avante! pode ser usufruída plena e intensamente ao longo dos seus três dias: em ambas as entradas funcionam serviços de recepção e bagageira e no centro do recinto um Posto de Informações e de Perdidos e Achados; em vários locais há pontos de energia para carregamento de telemóveis; nas áreas de Lisboa, Alentejo, Setúbal, Porto e no Espaço Criança funciona o «Espaço Bebé», com água quente, micro-ondas para aquecer biberões, locais para muda de fraldas, etc.; um posto de saúde; um dispositivo de bombeiros; e diversas instalações sanitárias, com limpeza regular.

Existe também um renovado e qualificado acampamento que abre às 10 horas de 31 de Agosto, decorrendo nesse mesmo dia, mas às 18h30, uma iniciativa de recepção aos campistas. O regulamento e os preços podem ser consultados em acampamentoexterior@festadoavante.pcp.pt, onde também é possível proceder à pré-inscrição.

Para as pessoas com mobilidade reduzida, e a par de algumas correções em aspectos de construção, mantém-se o serviço de transporte em viatura adaptada, com percursos a partir de Lisboa, Seixal e Almada e o interior do recinto. Quem utilize viatura própria adaptada pode estacionar, em parque próprio, próximo da entrada da Festa. A utilização de linguagem gestual no comício, iniciada no ano passado, é também para manter. No Espaço Criança há um brinquedo adaptado e existem no recinto várias instalações sanitárias adaptadas, com serviço de limpeza regular.

Efectivar na prática o acesso à cultura

Pelo 20.º ano consecutivo, a JCP promove um concurso de bandas, de âmbito nacional, de apuramento dos artistas ou grupos que actuarão no Palco Novos Valores da Festa do Avante!. Edição após edição, o concurso foi crescendo, afirmando-se hoje como o de maior expressão nacional.

Este ano, foram já muitas as bandas que tiveram oportunidade de pisar um palco e mostrar ao vivo o seu trabalho, graças à JCP e ao seu concurso. Para muitas, foi mesmo a primeira vez. Com várias eliminatórias e finais ainda por realizar, foram diversos os concertos já concretizados, aos quais assistiram centenas de jovens de todo o País.

Como assume a JCP na promoção do concurso deste ano, ele constitui, em si mesmo, uma expressão da luta da juventude pelo acesso à cultura, pela concretização da liberdade de criação e fruição culturais consagrada na Constituição da República. Assim, nos vários concertos realizados no âmbito do concurso, a JCP prossegue a campanha «Aumenta o Som! Baixa o IVA!», da qual faz parte uma petição a entregar na Assembleia da República exigindo a redução da taxa de IVA dos instrumentos musicais para seis por cento, tal como é aplicada a outros bens culturais. Até ao momento mais de duas mil pessoas já a subscreveram.




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: