Ciber ataque com vírus made by US

O vírus informático que desde sexta-feira está a infectar centenas de milhares de computadores à escala global e atingiu grandes empresas, serviços e instituições públicos nos continentes europeu, americano e asiático, tem como fonte os serviços secretos norte-americanos. A acusação foi feita, inicialmente, pelo ex-agente da Agência Nacional de Segurança (NSA), Edward Snowden, e posteriormente veiculada pelo presidente da Microsoft, Brad Smith, e pelo presidente da Federação Russa, Vladimir Putin, que esta segunda-feira, 15, se referiu ao assunto rechaçando qualquer responsabilidade de Moscovo no ciber ataque.

Ao que se sabe, não foram os EUA quem lançou na rede o WannaCry, mas piratas que aproveitaram informação armazenada pela CIA e pela NSA para explorarem uma debilidade do Windows, encriptarem os dados contidos e exigirem um pagamento em troca dos códigos de desbloquamento.




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: