Breves
Jornadas Autárquicas

A CDU realizou, dia 11, no edifício da Junta de Freguesia de Santo Ildefonso, as Jornadas Autárquicas na Cidade do Porto. Nesta iniciativa, que reuniu largas dezenas de eleitos e activistas da CDU no Porto, participaram os candidatos à presidência da Câmara e da Assembleia Municipal, respectivamente Ilda Figueiredo e Rui Sá, assim como o vereador eleito, Pedro Carvalho. Presentes estiveram também representantes dos partidos que integram a CDU, nomeadamente Mariana Silva, do Conselho Nacional do Partido Ecologista «Os Verdes» (PEV), e Belmiro Magalhães, do Comité Central do PCP.


Apresentação de candidatos

O Salão Nobre da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Fanhões acolheu, no dia 12, a apresentação de Jorge Simões como o candidato da CDU à presidência da Junta de Freguesia de Fanhões.

No dia 11 foi apresentado Luís Mariano como o candidato da Coligação PCP-PEV à presidência da Junta de Freguesia de Santa Iria de Azóia, São João da Talha e Bobadela, na sala da Assembleia de Freguesia, na Bobadela.

Ambas as iniciativas contaram com a presença de Bernardino Soares, presidente da Câmara de Loures.


Projecto colectivo

João Manuel Torcato Ribeiro é o cabeça de lista da CDU à Câmara de Guimarães. Com 59 anos, o candidato, anunciado na segunda-feira, 20, em conferência de imprensa, tem o curso geral de electricidade, é empresário em nome individual no ramo da electricidade, sócio e dirigente associativo de várias colectividades culturais e desportivas locais. É militante do PCP desde 1978, membro da Comissão Concelhia e da Comissão Executiva do PCP. É vereador na Câmara de Guimarães desde 2011.

Para o dia 18 de Março, às 15 horas, no salão da Junta de Freguesia de Selho S. Jorge, está agendado o Encontro Autárquico da CDU de Guimarães.


Defender a economia

O Grupo Parlamentar do PCP esteve reunido, dia 15, na Assembleia Legislativa da Madeira, com a Confederação Portuguesa das Micro, Pequenas e Médias Empresas. Em declarações proferidas no final do encontro, os comunistas defenderam uma carga mais favorável para as micro-empresas (23 mil na região), assim como a redução para 15 por cento da taxa de IRC para as empresas instaladas na região e de 10 por cento para as novas micro-empresas. Na reunião alertou-se ainda para as dificuldades impostas às micro e pequenas empresas na região no acesso aos fundos comunitários, nomeadamente ao «Madeira 2020».


Precariedade na autarquia

Num comunicado distribuído aos trabalhadores da Câmara de Sines, a Coligação PCP-PEV denuncia casos de precariedade na autarquia e exige a contratação de novos trabalhadores.

No documento, onde se afirma que a gestão PS «desempenhou um papel lamentável de travão à progressão de carreiras de dezenas de trabalhadores que a solicitaram», a CDU informa que a autarquia «recorre todos os anos ao trabalho precário, em cerca de 50 aquisições de serviços em falsos regimes de tarefas e avenças».


Abolição de portagens

Em comunicado à população, a CDU defendeu, uma vez mais, a abolição das portagens na A1 no concelho de Vila Franca de Xira, «uma necessidade que é urgente concretizar». «Colocados perante a necessidade de utilizar a Estrada Nacional 10, a população do concelho sente, diariamente, os constrangimentos que esta via lhes coloca, particularmente em horas de ponta», refere a Coligação PCP-PEV, alertando para as «sérias implicações não só ao nível ambiental, afectando a qualidade de vida das populações e a saúde pública, como para a economia do concelho».


Vitória das populações

No dia 8, a Câmara da Moita aprovou o Protocolo de Cooperação a firmar com a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) para a instalação da Unidade de Saúde da Baixa da Banheira. O novo equipamento, da responsabilidade do Ministério da Saúde, vai ser construído num terreno cedido em direito de superfície pela autarquia, na zona Sul da Baixa da Banheira (junto à rotunda 25 de Abril).


Linha do Oeste

«Quem gere a Linha do Oeste, a CP, decidiu levar as melhores automotoras (série 592) para a Linha do Douro», denuncia, em comunicado à população de Alcobaça, a CDU, força política que «não aceita que haja redução dos objectivos da linha, que tem todas as potencialidades para se desenvolver, com sucesso, ao serviço da região e do País». Assim, critica-se, «voltar às automotoras UDD dos anos 70 é um mau sinal que tem de ser revertido rapidamente pelo Governo PS e pela CP».


Alertar os consumidores

A União dos Agricultores do Distrito de Leiria (UADL) esteve, na passada semana, nas ruas de Pombal, em contacto com os consumidores, junto a algumas grandes superfícies comerciais e ao Mercado Municipal. A iniciativa, integrada na jornada que assinala dos 39 anos da Confederação Nacional da Agricultura, teve como finalidade alertar para a situação dos baixos preços à produção.

Num documento, distribuído na ocasião, informa-se que por cada cem euros de produtos alimentares que o consumidor paga, o agricultor recebe 20 euros em média e, desses, 75 por cento são custos de produção.

A UADL reuniu também com a Câmara de Pombal, a quem transmitiu as principais preocupações dos agricultores familiares da região.


Plenários de bolseiros

No dia 15, a Associação de Bolseiros de Investigação Científica (ABIC) realizou um plenário, na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL), com cerca de 100 bolseiros. Nesta iniciativa, que serviu para reactivar o núcleo da ABIC naquela faculdade, debateu-se o novo Decreto-Lei 57/2016 para o emprego cientifico, que prevê a contratação de doutorados, a actual precariedade no emprego científico, nomeadamente o sistema de bolsas, e a situação dos bolseiros na FCUL.

Foram ainda anunciados novos plenários, no dia 2, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e, no dia 3, no Instituto de Saúde Doutor Ricardo Jorge.