Aconteu
Desemprego baixou 1,3 pontos em 2016

A taxa de desemprego em 2016 desceu 1,3 pontos percentuais face a 2015, para os 11,1 por cento, segundo dados divulgados, dia 8, pelo Instituto Nacional de Estatística.
A população desempregada, estimada em 543,2 mil pessoas, registou uma diminuição trimestral de 1,2 por cento (menos 6,3 mil pessoas) e uma diminuição homóloga de 14,3 por cento (menos 90,7 mil).
A população empregada, estimada em 4 643,6 mil pessoas, registou um decréscimo trimestral de 0,4 por cento (menos 17,9 mil) e um acréscimo homólogo de 1,8 por cento (mais 82,1 mil).
A taxa de desemprego de jovens (15 a 24 anos) situou-se em 28 por cento, menos quatro pontos percentuais em relação ao ano anterior. A taxa de actividade da população em idade activa situou-se em 58,5 por cento.


Portugueses no Festival de Berlim

Cinco filmes de cineastas portugueses participam na competição oficial do Festival de Cinema de Berlim que termina no domingo, 19.
Trata-se da longa-metragem «Colo», de Teresa Villaverde, e das curtas-metragens «Altas Cidades de Ossadas», de João Salaviza, «Os Humores Artificiais», de Gabriel Abrantes, «Coup de Grâce», de Salomé Lamas, e «Cidade Pequena», de Diogo Costa Amarante.
O certame está ser aproveitado por profissionais de 11 associações e entidades portuguesas para contestar, a nível internacional, uma alteração à lei do cinema e audiovisual, que incide sobre o modelo de escolha dos júris.


Animação nacional distinguida em França

O filme de animação português «Estilhaços», de José Miguel Ribeiro, foi distinguido, dia 11, no Festival Internacional de Curta-Metragem de Clermont-Ferrand, em França.
A obra recebeu o prémio de Melhor Filme Documentário, naquele que é considerado um dos mais importantes festivais dedicados à curta-metragem.
«Este é um filme sobre a forma como a guerra se instala no corpo das pessoas que a vivem olhos nos olhos. E, depois, a milhares de quilómetros e dezenas de anos decorridos, contamina, como um vírus, outros seres humanos», afirma-se na sinopse da película.


Fernando Santos é personalidade do ano

Fernando Santos, seleccionador nacional de futebol, recebeu, dia 7, o prémio de «Personalidade do Ano – Martha de la Cal», numa cerimónia que contou, entre outros, com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e do secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo.
O prémio «Personalidade do Ano – Martha de la Cal» é atribuído anualmente e resulta da escolha dos mais de 60 jornalistas que trabalham em Portugal para órgãos de informação estrangeiros, tendo por objectivo reconhecer a personalidade ou entidade portuguesa que mais contribuiu para o nome do País no exterior.


Imagem premiada gera polémica

A imagem do assassínio do embaixador russo na Turquia, captada pelo fotógrafo turco Burhan Ozbilici, venceu, dia 13, o prémio de foto do ano do World Press Photo.
A foto escolhida mostra o assassino de pé, ao lado do cadáver do embaixador Andrei Karlov, abatido durante a inauguração de uma exposição de arte na capital da Turquia, em Dezembro último.
O presidente do júri, Stuart Franklin, num artigo publicado no jornal britânico The Guardian, revelou ter votado contra, considerando que «esta imagem de terror não deveria ser a fotografia do ano».
Elogiando o trabalho do fotógrafo galardoado, Franklin sublinha que «colocar esta fotografia num pedestal tão alto é um convite àqueles que contemplam a espectacularidade destes palcos».


Morreu Al Jarreau

O cantor de jazz norte-americano Al Jarreau, vencedor de sete prémios Grammy, morreu, dia 12, aos 76 anos, em Los Angeles, nos Estados Unidos, depois de ter sido hospitalizado por fadiga.
Al Jarreau nasceu em Milwaukee, no estado do Winsconsin. Editou o seu primeiro álbum em 1975, com 35 anos e dois anos mais tarde recebeu o seu primeiro prémio Grammy, com o disco «Look to the rainbow».
Chegou a uma audiência mais ampla com o álbum «Breakin’ Away», de 1981, que vendeu mais de um milhão de cópias e incluía o tema «We’re in this love together».



Resumo da Semana
Frases