Avante! Avante!

Jerónimo de Sousa no Algarve

Prosseguir em 2017
a reposição de direitos

Em terras algarvias, Jerónimo de Sousa defendeu, no domingo, que o Orçamento do Estado para 2017 deve manter a «linha» de devolução de rendimentos e de direitos e não «voltar à política de austeridade» rejeitada nas eleições de 4 de Outubro de 2015 pela maioria do povo português. Referindo-se ao flagelo dos incêndios florestais, o Secretário-geral do PCP insistiu na necessidade de investir em medidas de prevenção.