Aconteu
Famílias em ruptura

O regresso dos filhos a casa dos pais está na origem de uma parte crescente de casos de sobre-endividamento, registados pela Associação Portuguesa do Consumidor (DECO) no primeiro trimestre deste ano.
Em declarações à agência Lusa, dia 13, Natália Nunes, coordenadora do Gabinete de Apoio ao Sobre-endividado (GAS), deu conta de um aumento de casos de penhoras decretadas por tribunais devido a créditos em incumprimento e alterações inesperadas do agregado familiar. «O retorno dos filhos a casa dos pais leva a rupturas orçamentais e ao incumprimento dos compromissos».
De acordo com os dados da DECO, 30 por cento dos casos abertos pelo GAS foram motivados pelo desemprego e pela deterioração da situação profissional, oito por cento devido a divórcio/separação, 12 por cento devido a penhora, dez por cento por causa da alteração do agregado familiar, sete por cento por doença e três por cento por responsabilidades de fiador.


Educação não é para todos

Apenas um terço dos 164 países que há 15 anos lançaram a iniciativa «Educação para Todos» atingiram os objectivos fixados, revela o relatório anual da UNESCO, divulgado dia 9.
Um terço das crianças que não vão à escola vivem em zonas de conflito, fenómeno que se agravou desde 2000 e ao qual as raparigas são particularmente vulneráveis. Na Síria há o receio de que a crise resulte numa «geração perdida».
Cerca de 58 milhões de crianças estão fora da escola em todo o mundo e 100 milhões não conseguem completar o ensino primário. As mulheres representam dois terços dos 781 milhões de adultos analfabetos.
A UNESCO diz serem necessários mais 20 mil milhões de euros por ano para atingir os objectivos da educação para todos até 2030.


TEC celebra 50 anos

O Teatro Experimental de Cascais (TEC) celebrou os seus 50 anos de actividade com a estreia, dia 9, da peça «Torga», em homenagem ao escritor português, falecido em 1995.
O espectáculo, encenado por Carlos Avilez, director da companhia, estará em palco até 30 de Maio, no Teatro Municipal Mirita Casimiro, no Estoril.


António Chainho junta gerações

O guitarrista e compositor António Chainho celebrou os 50 anos de carreira com um espectáculo, realizado dia 10, no Centro Cultural de Belém, em que apresentou o seu último álbum «Cumplicidades».
Aos 77 anos, o músico partilhou o palco com Sara Tavares, Ana Bacalhau, Hélder Moutinho, Paulo de Carvalho, Paulo Flores, Pedro Abrunhosa, Ciro Bertini e Tiago Oliveira, alguns dos artistas que participam no álbum, que conta também com as participações de Rui Veloso, Vanessa da Mata, Ana Vieira, Filipa Pais, Kepa Junkera, Fernando Ribeiro e Raul Oliveira.


«Um homem no mundo»

O documentário «Carlos do Carmo: Um homem no mundo», realizado por Ivan Dias, estreou-se, dia 9, nas salas de cinema de Lisboa, no Porto, Coimbra e também em Almada.
Entre as descobertas deste filme, há uma gravação de Carlos do Carmo aos 11 anos a cantar. Depois esse rapaz vai estudar para a Suíça, volta para Portugal, o pai morre, ele fica com a gestão da casa de fados, que tinha a grande Lucília do Carmo à frente.
Embaixador da candidatura do Fado a Património Imaterial da Humanidade, Carlos do Carmo considerou este tipo de documentários «indispensável, para a memória do futuro».


Grass e Galeano

A literatura mundial ficou mais pobre com o desaparecimento, dia 13, de dois dos seus expoentes: o alemão Günter Grass e o uruguaio Eduardo Galeano.
Günter Grass, Nobel da Literatura, faleceu aos 87 anos, numa clínica de Lübeck, na Alemanha.
Antifascista convicto legou-nos cerca de 30 obras, em que se incluem romances, poemas, peças de teatro. Na sua escrita, Günter Grass confrontou a Alemanha com o seu passado nazi, sendo autor de «O Cão de Hitler» (1966).
Do outro lado do Atlântico, Eduardo Galeano faleceu aos 74 anos, em Montevideo, deixando uma importante obra que foi sistematicamente proibida pelas sucessivas ditaduras da Argentina, Chile e Uruguai.
«As Veias da América Latina», um dos seus livros mais conhecidos, foi oferecido por Hugo Chávez a Barack Obama, durante a V Cimeira das Américas, em 2009.



Resumo da Semana
Frases