Netanyahu critica apoio
à Palestina

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, advertiu esta semana o parlamento francês que considerará uma irresponsabilidade a eventual aprovação de uma resolução não vinculativa a pedir o reconhecimento do Estado palestiniano independente.

«Naturalmente que estou preocupado porque o reconhecimento de um Estado palestiniano seria irresponsável», disse Netanyahu em declarações aos jornalistas, acrescentando que isso seria votar «por uma Palestina sem paz». Na sua opinião, os palestinianos querem um Estado «não para pôr fim à guerra com Israel, mas para a prosseguir a partir de fronteiras melhoradas».

As declarações de Netanyahu, cuja política de expansão dos colonatos nos territórios ocupados é alvo de crescente críticas internacionais, incluindo dos seus aliados tradicionais, ocorrem depois de a Suécia ter reconhecido o Estado palestiniano, da votação do parlamento britânico pedindo ao governo que siga o exemplo sueco e iniciativas semelhantes agendadas nos parlamentos francês e espanhol.




 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: