Breves
EUA espiaram

A ONU vai pedir explicações sobre as escutas da Agência de Segurança Nacional (NSA) às suas comunicações internas, bem como a comunicações da União Europeia e de vários países aliados dos EUA. A revelação foi feita na edição de domingo, 25, do jornal alemão Der Spiegel, que se baseia em informações obtidas pelo ex-analista da CIA Edward Snowden. Segundo o periódico germânico, o programa de espionagem norte-americano terá entrado na plataforma de videoconferências da ONU e invadido o sistema encriptado.

A NSA espiou a UE mesmo depois de esta ter mudado a sua sede, em Setembro de 2012, para a 3.ª Avenida, em Manhattan, e tem na sua posse planos da nova representação, nos quais está detalhada a infraestrutura de telecomunicações da UE. Contava, ainda, com um programa de espionagem denominado «Serviço Especial de Recolha» em oitenta das suas embaixadas e consulados de todo o mundo, coordenado a partir de Frankfurt e Viena.

Entretanto, segundo documentos fornecidos ao jornal The Guardian por Snowden, a NSA terá pago milhões de dólares à Yahoo, Google, Microsoft e Facebook, facto que pode confirmar a relação entre a espionagem norte-americana e grandes empresas da Internet.


Brasil

O 3.º Congresso Nacional da Central dos Trabalhadores do Brasil, que encerrou no Sábado, 24, em São Paulo, elegeu a nova direcção para um mandato de quatro anos. O bancário Adilson Araújo substitui Wagner Gomes.

No discurso de tomada de posse, Adilson Araújo prometeu fortalecer a formação com a criação da Escola Sindical Nacional, ampliar a rede de comunicação e, no plano da organização, constituir uma central de apoio e logística. Já no encerramento da assembleia magna, onde esteve uma delegação da CGTP-IN, Adilson Araújo elogiou a presidência de Wagner Gomes, destacando conquistas dos trabalhadores como a valorização do salário mínimo e a regulamentação do trabalho doméstico.

Araújo defendeu ainda a unidade sindical e salientou o facto de a central enquadrar mais de mil sindicatos.